O que uma reportagem do NY Times tem a ver com o Papo de Homem?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Asm selo png

Uma reportagem que teve meio ano de pesquisas, entrevistas e análises de fontes, documentos, animações feitas por especialistas, informações fornecidas por órgãos que cuidam de acontecimentos como esse.

A 2012 Tunnel Creek Avalanche foi um deslizamento de neve ocorrido em 19 de fevereiro de 2012, em Washington (o estado, não a capital americana), evento em que dezesseis dos melhores esquiadores e snowboarders do país foram fazer uma corrida juntos e um deles provocou a avalanche. Houvera mortos, feridos e traumatizados.

Link Vídeo

* * *

Contei tudo em 2 parágrafos, mas o The New York Times botou uma equipe pra escrever sobre o assunto, uma reportagem absurdamente bem feita que levou seis meses de pesquisas:

A reportagem para o artigo sobre a avalanche de 19 de fev. na Tunnel Creek foi feita ao longo de seis meses. Foram entrevistas feitas com cada sobrevivente, com as famílias dos falecidos, socorristas no Tunnel Creek, funcionários do Stevens Pass (o parque em que ocorreu a avalanche) e especialistas de ciência da neve.

Ela também incluiu o exame de relatórios por parte da polícia, do médico legista e da patrulha de ski do Stevens Pass, bem como as 40 chamadas para o 911 feitas no rescaldo da avalanche.

O Instituto Federal Suíço de Neve e Avalanche Research forneceu uma simulação gerada por computador da avalanche, com base em dados acumulados a partir do relatório do acidente e relatos de testemunhas. Outras fontes são: dados LIDAR de King County GIS Center; Ambiental Mesonet Iowa, Iowa State University, Marcos Moore, Serviço Florestal dos EUA, National Avalanche Center.

O resultado foi essa coisa linda de se ver e ler que eles publicaram, Snow Fall: The Avalanche at Tunnel Creek (By John Branch)

Mais nada. O que eu queria muito compartilhar com vocês foi o gosto que tive quando vi essa reportagem. Reparem no cuidado com que a coisa toda foi feita. A diagramação, a limpeza do espaço pra focar na leitura, o respeito com o leitor quando abre uma imagem ou vídeo ou animação. Até a propaganda é inserida de forma respeitosa.

Tudo feito em capítulos, cada um deles com suas particularidades, um link pra se degustar mesmo, entrar várias vezes pra acompanhar um pouco da saga, da história contada. Todos os que participaram do projeto devidamente creditados, cada detalhezinho pensado.

São duas coisas fundamentais: respeito pelo leitor e por quem escreve. O leitor não tem encheções, não toma na cara qualquer bullshit, não tem ruído pipocando o tempo todo. Quem escreve teve sua escrita amplificada n vezes com o cuidado do design da publicação, com as animações completamente lindas e pertinentes, com as fotos e vídeos aparecendo na hora certa e desaparecendo sem causar transtornos. Enfim, a leitura flui de um jeito único.

imagem1

Quem sabe o PapodeHomem não fique assim um dia

Eu queria saber dos leitores, de verdade, o que acharam. Dêem uma olhada no link da reportagem, mesmo que não saiba ler em inglês ou que não se interesse nem um pouco sobre uma avalanche na divisa dos Estados Unidos e Canadá, passem pelas páginas pra sentir como a matéria acontece na tela do computador e passem pra mim, aqui nos comentários, as impressões.

Estou bem interessado em saber as percepções de vocês. vai que o PapodeHomem tome um rumo mais limpo e respeitoso?

Acham válido?


publicado em 27 de Maio de 2013, 09:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: