Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

PdH na materialização do jogo "Gran Turismo"

Gosto de escrever sobre minhas experiências e momentos marcantes que vivi porque acho importante compartilhar. Sábado, 11/12, foi um dia desses. Memorável. Penso que dias assim deveriam existir mais vezes.

Para lançar o novo game Gran Turismo 5, a Sony promoveu no Brasil uma ação já realizada em Paris. Dez super carros deram vida ao jogo nas ruas de São Paulo.

Link vídeo | Ação original, em Paris.

O ponto de partida da aventura foi na Av. Juscelino Kubitschek, às 14 horas. Alinhados estavam as seguintes naves, todas com adesivos do PS3 e GT5, exatamente iguais aos do game.


  • Maserati 4300,

  • Lamborghini Murciélago,

  • Ferrari 360 Modena,

  • BMW Z4,

  • BMW M3,

  • Mercedes-Benz SLS,

  • Nissan GTR,

  • Mitsubishi Lancer Evolution,

  • Mini Cooper S

  • e Subaru Impreza.

Não é todo dia que você se depara com uma cena dessa.

Pena que elas não entraram nos carros com a gente.

Ao total foram 4 horas de adrenalina rodando as principais avenidas de São Paulo – rodando não, queimando asfalto. Éramos oito jornalistas a bordo das máquinas. Na escolha, não pensei duas vezes e decidi pela Ferrari. Sonho de infância, carro de gente grande.

E que carro! Passei as duas primeiras horas da ação nessa máquina. Paulo, o dono do carro e piloto, gente finíssima, pisou fundou e fez com que o ronco do motor chamasse atenção das pessoas a cada quadra que o carro desfilava.

A melhor parte de entrar numa Ferrari é fazer inveja no Twitter?

Andar de Ferrari é uma sensação absurda. O modelo Modena 360 com a tampa traseira cobrindo o motor V8 de 400 cv é um desbunde para apaixonados por carros.

Na segunda metade da tarde, Caio, repórter de games do IG, propôs trocarmos de carro porque ele queria conferir o ronco dos 8 cilindros da Modena. Topei. Para minha surpresa, ele estava na Lamborghini. Sem pestanejar, pulei pra dentro da supermáquina com mais de 500 cvs e apertei os cintos. Começaria ali uma aventura única.

O piloto, Diogo, campeão das 500 milhas de moto, dominava a Lambo de uma forma tão precisa que não tive medo nem quando o V12 chegou a 170 km/h em plena Marginal. A Lamborghini não tem bancos: tem um cockpit com detalhes em couro e muita esportividade.

Essa Mercedes SLS também não fez feio.

Ao final das 4 horas de aventuras ao longo das movimentadas ruas de São Paulo, nosso destino foi a loja da Sony no shopping Bourbon, onde dois simuladores do game em 3D foram instalados. Eu adoro games de corrida e suei para conseguir dominar a Lamborghini que escolhi. Ao meu lado (não contra mim, ainda bem) estava o Luciano Burti, campeão de Stock Car, conferindo o novo lançamento.

Dia emocionante. Ação espetacular. Carros máquinas absolutamente incríveis. Meus parabéns à Sony. Dá gosto de participar deste tipo de projeto.

Assista ao vídeo e dê a sua nota para a ação:

Link Vimeo | Se pelas fotos você achou que os carros não correram muito, dá uma olhada aí.

Créditos das fotos: Rafael Brüner.


publicado em 26 de Dezembro de 2010, 08:50
E762eef80f0ef2dc9cf78ab1abf97ed2?s=130

Felipe Ramos

Um realizador nato, de coração sem tamanho. Transformar pedra em banquetes é a especialidade desse MacGyver gaúcho. Notório por seu apetite festeiro, nunca recuse quando for convidado a uma de suas frequentes celebrações e aventuras. O imprevisível é seu prato favorito. No Twitter, @felipemktg.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura