Leia mais de 20 textos sobre masculinidades no canal de Natura Homem no PdH.

Quantas cuecas devo ter no meu guarda-roupas?

Para não passar perrengue e ter que repetir cueca, a gente te ajuda a calcular o número ideal de cuecas para ter no armário

Confesso que não sei, ao certo, quantas cuecas tenho na gaveta, talvez umas 20. É por isso que descobri ao longo da pesquisa deste artigo que isto teria de grande serventia para mim também. Como cada um de nós somos muitos (trabalho, lazer, descanso, esportes e tantas outras atividades), não chega a ser exagerado parar para pensar sobre o assunto.

Para não falar besteira, resolvi consultar uma amiga personal organizer, a Iva Amoroso, do SOS Bagunça, para trazer algumas dicas práticas e ir direto ao ponto. Ela acredita que, apesar da infinidade de modelos e tecidos existentes no mercado, a melhor cueca para o homem é aquela que nos dá conforto nas mais diversas situações da vida:

“Tudo depende do espaço que se tem para guardar, se as peças são lavadas uma ou mais vezes por semana, se você mora sozinho ou se divide a casa/vida com alguém e assim por diante...”

Vamos a algumas dicas práticas, então.

Faça uma conta simples: sete dias na semana, sete cuecas

Assim como nosso amigo-autor Eduardo Amuri fala sobre finanças, em relação às cuecas também é muito difícil planejar o mês inteiro. A dica, portanto, é pensar num período mais curto de tempo, no caso, uma semana, e replicar pela quantidade de semanas no mês adicionando também ocasiões excepcionais que acontecem com menos frequência.

Simplificando a questão, a orientação da Iva é para que tenhamos, no mínimo, sete cuecas: uma para cada dia. Mas isso, claro, é a regra geral e pode ser revista, a depender do seu estilo de vida. Na média, eu diria que vale pensar em contar com 12 peças, afinal, muita coisa pode acontecer e tem dias que vamos precisar usar mais de uma.

Ainda assim, independentemente do espaço que você tenha para guardar, não é necessário ter mais que 30 cuecas no guarda-roupas.

É (obviamente) proibido: usar a mesma cueca por mais de um dia seguido!

Monte seu kit

Conforme você descobrirá em breve, existe uma cueca certa para cada ocasião. Algumas mais soltas para momentos de descontração e relaxamento, outras para atividades físicas, e até aquelas certas para vestir uma calça justa de um terno, por exemplo, e não deixar marcas.

A regra geral, porém, é que você se sinta confortável com o que estiver usando. De nada adianta você 'ouvir a palavra dos especialistas' se no dia a dia aquilo está te incomodando. Use o que serve pra você. Porém, conforme você vai fazendo esses testes e adquirindo exemplares distintos, é possível que sua gaveta vá enchendo, enchendo, até virar uma bagunça completa.

Calma, amigo! Não precisa se envergonhar. Nem todo mundo é um poço de organização e, para isso, o mercado já se expandiu com profissionais para nos ajudar. A Iva nos deu dicas ótimas de como organizar nossa gaveta de cuecas (amém!).

Eu perguntei a ela se a melhor maneira de guardar as cuecas seria por cores e ocasiões. A resposta imediata foi “Não!” (hehe).

“Como personal organizer, sugiro organizar por modelos. Assim, quando você quiser aquela para trabalhar, para relaxar, para praticar esportes, você saberá exatamente onde ela está. Aí é só tirar e vestir”.   

Além da divisão por modelos, algo que vai te ajudar bastante é aprender a melhor forma de dobrar. É um segredo simples e bastante útil que vai fazer toda a diferença no resultado final. Mas para isso, melhor do que ler, é ver. Então aperte o play nesse videozinho aqui:

Link Youtube

Atente-se à conservação (e não importa quem vai fazê-la para você)

Exceto peças mais delicadas, como as de seda, que exigem um cuidado maior e devem ser lavadas à mão, as cuecas podem sim ser lavadas na máquina. Para não errar e correr o risco de danificar as peças, fique atento às dicas:

  • Programe sua máquina de lavar para não usar água quente e, se seu aparelho tiver essa opção, coloque no modo "tecidos frágeis".

  • Dentro da máquina, evite misturar cuecas com outras roupas, mas caso não tenha volume suficiente para fazer uma lavagem apenas de roupas íntimas, existem uns saquinho separadores laváveis onde você pode colocar as cuecas dentro e evitar que elas entrem em contato com as outras peças.

  • Procure evitar alvejantes à base de cloro, eles também pode danificar as peças;

  • Para secar, evite o uso de secadoras. Cuecas são peças pequenas e secam rápido e, para isso, ainda não inventaram nada melhor do que o sol; 

Cuecas na mala de viagem

Sobre número de cuecas para uma viagem, a orientação da Iva é que se considere o propósito da viagem (trabalho, lazer, esporte etc.) e eventos diários. Além disso, a duração da viagem vai determinar o que vamos colocar na bagagem. Por exemplo, se for uma viagem curta, de menos de 7 dias, leve uma cueca por dia, mais uma ou duas peças coringas para outras situações e emergências.

Já, caso a viagem seja mais longa e repleta de eventos, dê uma olhada neste outro artigo do PapodeHomem que calcula com exatidão quantas cuecas levar para cada dia de viagem.

Agora que você já sabe de tudo isso, não deixe o ânimo passar ou você se esquecer, tire cinco minutos para arrumar sua gaveta de cuecas. Eu tô indo lá arrumar a minha.

Mecenas: Zorba

Zorba, a marca líder do mercado de underwear masculino no Brasil, acredita que confiança nasce do conforto. A nova campanha “pelo fim da ajeitadinha”, resgata o conforto como um direito de todo homem, provando que quem veste Zorba não faz a infame “ajeitadinha”.

Para protagonizar a campanha, a Zorba trouxe de volta um verdadeiro ícone da propaganda, o Passarinho da Zorba, que retorna em versão atualizada, pronto para conquistar uma nova geração de fãs.


publicado em 11 de Setembro de 2017, 14:54
File

Danilo Gonçalves

Um cara alegre e gosta de ser lembrado assim. Jornalista de formação, com um pé na publicidade, gosta de Novos Baianos, Doces Bárbaros e Beatles. Já gostou de Calypso e como todo gay que se preze, é fã da Beyonce.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura