Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Revista pornô para cegos

Deficientes visuais também curtem pornografia. Essa é a opinião da fotógrafa canadense Lisa Murphy, que, com sua revista Tactile Minds, abriu as portas para um novo segmento que o já inovador mercado erótico ainda não havia explorado. A obra é considerada a primeira revista pornográfica voltada para cegos.

As figuras, feitas em alto relevo, retratam homens e mulheres nus em diferentes posições e até vestindo máscaras e outros acessórios. No total, são 17 imagens acompanhadas de textos apimentados escritos em Braille. A obra completa pode ser comprada por 250 dólares no site da artista.

Tactile Minds

Além do , Lisa possui uma outra linha de imagens tateáveis inspiradas em fotos de mulheres de lingerie. Nesse caso, são apenas quatro fotos, todas voltadas para o público masculino.

Playboy

Essa não é a primeira vez que alguém tenta explorar o mercado erótico para deficientes visuais. Entre 1970 e 1985, a americana lançou edições com textos em Braille, porém sem as imagens em relevo. Sem dúvida, um mercado que ainda tem muito a crescer.


publicado em 13 de Dezembro de 2010, 16:24
E4c14111fbfb81a75b22984e3520ada9?s=130

Thiago Rocha Kiwi

É nosso correspondente em Londres. Jornalista, nascido e criado na selva paulistana, gosta das oportunidades desafiadoras. Apaixonado por informação e conhecimento, enxerga o trabalho como uma forma de evolução e a internet como revolução. No Twitter, @thiagokiwi.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura