A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Você tem namorado? Então foda-se!

Afinal, faz diferença ela ter namorado ou não? Custa ser gentil sem segundas intenções?

O vídeo abaixo é horrível, terrível, inaceitável. Nunca passei nem perto de fazer nada assim, e nem nenhum dos meus amigos, crendeuspai! Nenhuma mulher merece ser tratada assim. Nunca.

Link YouTube | Trechos do programa humorístico britânico "Snuff Box" (sim, é o chefe do "The IT Crowd")

Entretanto...

Em nossa sociedade, existe uma convenção social e cultural de que homem teria o ônus de tomar a iniciativa. Muitas vezes, isso implica fazer um investimento de tempo significativo em uma potencial parceira romântica – investimento esse que não seria feito se a parceira não estivesse disponível.

Então, ocasionalmente, quando se vêem objeto das atenções de um homem esperançoso, algumas mulheres adiam e adiam a revelação de sua não-disponibilidade. E quando a revelação finalmente aparece, às vezes depois de incontáveis jantares e caronas e subir a mudança com a televisão nas costas, os homens se sentem compreensivelmente frustrados.

"Se ela não me der nem um beijinho, juro que essas são as últimas duas caixas que eu carrego! Sou assim, durão!"
Se ela não me der nem um beijinho, JURO que essas são as últimas duas caixas que eu carrego, hein! Sou assim, DURÃO!

"Como todo homem..." é daquelas expressões canalhas por definição. Nada de bom pode vir depois dessas palavras. Se você está começando sua frase assim, é porque você sente algo, morre de vergonha desse sentimento (provavelmente com razão) e, antes de confessá-lo, para se insular do opróbio, pretende apelar a uma pretensa irmandade entre todos os homens. Afinal, se todos os homens sentem isso...

"Então não é canalhice minha, né? É canalhice nossa. Caramba, deve ser até genético! Homens são assim desde a idade da pedra! Sou inocente!"

Enfim, não vou me esconder atrás dessa expressão (vocês me digam aí nos comentários como vocês se sentem) mas, falando só por mim, eu com certeza já senti isso na pele.

Naturalmente, nada disso é desculpa para grosseria ou para violência – e muito menos para quebrar aquário ou chutar cachorrinho!


publicado em 24 de Maio de 2011, 09:34
File

Alex Castro

alex castro é. por enquanto. em breve, nem isso. // esse é um texto de ficção. // veja minha vídeo-biografia, me siga no facebook, assine minha newsletter.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura