Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

A dance music que inspirou as composições de Yuzo Koshiro nos Games 16 bits

Os sons das pistas que foram parar nos consoles de 16 bits na década de 1990

Quem jogou videogame na década de 1990 com certeza já ouviu ou já viu em alguns jogos este nome – Yuzo Koshiro. Koshiro é um compositor japonês que fez muito sucesso na era dos 16 bits com composições incríveis para grandes títulos daquela época como Actraiser, Ys, Super Adventure Island, The Revenge of Shinobi entre outros.

Mas seu grande feito aconteceu nas composições da série Streets of Rage do Mega Drive. Na época, Koshiro estava muito antenado com a cena musical da virada da década de 1980 para 1990. A cena dance e suas vertentes para ser mais exato. O japa mostrou o que rolava de mais dançante com uma trilha sonora que chamava atenção até de quem não era tão ligado assim em videogames.

Claro que para produzir esses hits, Koshiro contou com muitas inspirações (algumas até bem evidentes) para a elaboração dessas músicas que fizeram história na trilha sonora de videogames. Ficou curioso para saber quem foram os artistas e bandas que deixaram Yuzo Koshiro empolgado? Então se liga nesta lista com os principais nomes. Além disso, deixarei também o link da trilha dos jogos para vocês compararem a semelhança.

Som na caixa, DJ!

Soul II Soul e EnigmaMúsicas: Keep on Movin, Get a Life e Sadeness – Part I

Aqui a influência é bem marcante. Na época eu já tinha reparado, mas quando falei isso em 1992, alguns me chamaram de louco por achar que música de videogame fosse música de verdade...

Cada uma né?

Uma das músicas que serviu de base para a clássica introdução de Streets of Rage II foi o hit "Keep On Movin", do grupo Soul II Soul. A música "Get a Life" também tem bastante influência em outras faixas dos games da série. Outra influência que podemos ouvir também é da música "Sadeness - Part I" do grupo Enigma.

A música "Keep on Moving"

Link YouTube

A música "Get a Life"

Link YouTube

A música "Sadeness - Part I"

Link YouTube

A música "Intro (SOR Mix)", de Streets of Rage II

Link YouTube

Black BoxMúsicas: Open Your Eyes e I Don’t Know Anybody Else

Pelo o jeito, Koshiro era fã desta banda da cena ítalo-dance da virada da década de 80 para 90. Dois hits do grupo serviram de inspiração para compor duas músicas da primeira versão do game. "Open Your Eyes" foi a inspiração para a faixa "Keep The Groovin" e a dançante "I Don't Know Anybody Else" inspirou o japonês para compor "Moon Beach" que, para mim, é a melhor música do título que inaugura a trilogia. Impossível jogar e não ficar batendo o pé.

O primeiro álbum do grupo intitulado Dreamland, foi uma das grandes inspirações de Koshiro para compor a maioria das faixas da primeira versão do game. Vale a pena conferir outras músicas além dessas citadas.

A música "Open Your Eyes"

Link YouTube

A música "Keep the Groovin", de Streets of Rage

Link YouTube

A música "I Don't Know Anybody Else"

Link YouTube

A música "Moon Beach", de Streets of Rage

Link YouTube

The ShamenMúsica: Move Any Mountain

Aqui nem acho que é semelhança, mas sim um tributo do Koshiro para esta faixa de tão idêntica que ela é. Da inspiração saiu a faixa "Under Logic", que faz parte da trilha sonora do segundo jogo da trilogia. Como ele conseguiu reproduzir com fidelidade este som em um cartucho de Mega Drive?

Simplesmente incrível.

A música "Move Any Mountain"

Link YouTube

A música "Under Logic", de Streets of Rage II

Link YouTube

Eu acho que se fosse hoje, rolaria um processo. Vocês não concordam?

Inner CityMúsica: Good Life Original 12’ Mix

Este grupo da cena acid house de Detroit também dá as caras com sua sonoridade no jogo da SEGA. A música "Good Life 12’ Mix" foi uma das várias da dance music dos anos 1990 que inspirou Koshiro na composição de "Go Straight", faixa que abre a segunda versão da série.

Para começar o jogo dançando. Literalmente.

A música "Good Life Original 12’ Mix"

Link YouTube

A música "Go Straight", de Streets of Rage II

Link YouTube

BONUS TRACK: Public EnemyMúsica: Rebel Without a Pause

E não foi só na dance music que surgiram as influências de Koshiro para a composição da trilha sonora da série Streets of Rage. A música "Rebel Without a Pause", do grupo americano de Hip Hop Public Enemy, inspirou a faixa "Too Deep", presente em Streets of Rage II. Dê só uma olhada.

A música "Rebel Without a Pause"

Link YouTube

A música "Too Deep", de Streets of Rage II

Link YouTube

Maxi PriestMúsica: Just a Little Bit Longer

Até o reggae com pitadas de hip-hop e R&B do Maxi Priest conquistou os ouvidos do compositor. A música "Just a Little Bit Longer" serviu de base para a composição de "The Last Soul", faixa do último estágio de Streets of Rage. Até nos últimos momentos do game o swing e balanço não são esquecidos para deixar a pancadaria no ritmo certo.

A música "Just a Little Bit Longer"

Link YouTube

A música "The Last Soul", de Streets of Rage

Link YouTube

Super Adventure Island

Além de Streets of Rage, Koshiro também contribui com ritmos dançantes para a trilha sonora de Super Adventure Island do Super Nintendo. Lançado no mesmo ano de Streets of Rage II (1992), Koshiro aproveitou o embalo dançante para compor e da mesma forma como aconteceu na trilogia do console Mega Drive, o compositor também buscou inspiração na cena musical daquela época.

Confira.

Soul II Soul Música: Jazzie's Groove

Parece que não era só Black Box a banda queridinha do japonês daquela época. Soul II Soul que tem uma presença forte na trilogia Streets of Rage, aparece também no simpático jogo de plataforma produzido pela Hudson Soft para o Super Nintendo.  A música Jazzie's Groove inspirou Koshiro na composição da faixa Cool Jam.

Veja:

A música "Jazzie's Groove"

Link YouTube

A música "Cool Jam", de Super Adventure Island

Link YouTube

Eu ouvi as músicas e joguei os jogos na época e por conta disso, as vezes eu ficava confuso se estava ouvindo a música dos LP’s e fitas dos meus irmãos ou se era a trilha do jogo tamanha a semelhança. Principalmente na introdução de Streets of Rage já que tinha o disco do Enigma.

Tenho um carinho e uma memória afetiva não só com os jogos, mas com as músicas da época, principalmente Maxi Priest que passava o clipe na MTV várias vezes. E juntar música e videogame neste aspecto, não tem diversão melhor! Pelo menos para mim que adorava essas músicas já que muitas delas passavam direto no começo da MTV aqui no Brasil lá em 1990/91.

Os jogos então nem se fala! Streets of Rage II é o melhor jogo do gênero e Super Adventure Island que apesar de ser um jogo de plataforma simples, é muito simpático.

Nostalgia em LP

E para quem sempre sonhou em ouvir essas trilhas em LP, uma boa notícia: A gravadora DATA DISCS tem a trilha sonora de Streets of Rage I e II. O catálogo também conta com o recente Sonic Mania e o clássico do Dreamcast Shenmue.

O acervo não é tão grande, mas tem ótimas trilhas clássicas como Out Run, Metal Slug e Golden Axe. Se você tiver uma graninha sobrando e um toca disco para ouvir essas belezuras, vale a pena visitar o site.

O que você achou das inspirações de Yuzo Koshiro? Ele estava bem baladeiro na época, né? Conhece alguma outra música da época que inspirou Koshiro na composição das trilhas de Streets of Rage, Super Adventure Island ou outro jogo da carreira do compositor que não está nesta lista?

Mostre para gente nos comentários.

Música e videogame da um bom jogo.


publicado em 10 de Janeiro de 2018, 00:00
Manoel roberto soares jpg

Manoel Roberto Soares

Acha que falar de videogames é tão divertido quanto falar de futebol, música ou cinema em uma mesa de bar. Talvez com pouca cerveja na mesa, mas ainda é uma mesa, né?


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura