A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

A maneira mais estilosa de beber e sair sem pagar a conta

Você. Três amigos. Um bar chique, com drinks sensacionais, na cobertura de um dos arranha-céus mais bonitos de Melbourne, na Austrália. Vai sair caro. Ah, se vai.

Ou não.

Basta fazer isso:

Jeronimooooooo!

Os quatro australianos misteriosos beberam um pouco, deram aquela relaxada, curtiram a vista e, em vez de pagar, se jogaram dos 243 metros de altura do prédio mais alto do hemisfério sul. Eles estão sendo procurados pela polícia, já que o BASE Jumping é uma prática proibida em Melbourne, mas tudo indica que eles sabiam exatamente o que estavam fazendo.

Segundo o News.com.au, que conversou com a equipe de segurança do prédio e do bar, o grupo havia estudado as medidas e procedimentos de segurança muito bem antes de tentar a falcatrua. Eles esconderam os para-quedas na roupa, se trocaram no banheiro, trancaram a porta da sacada do bar antes de pular e ainda tinham um carro de fuga esperando na rua.

Ou eles curtem muito BASE Jumping, ou viram essa belezinha lavando as janelas enquanto subiam e quiseram ver de fora. Vai saber

Um tiozinho que estava no seu barco em um rio próximo disse que ter visto os caras se jogando do prédio “foi definitivamente o ponto alto da noite”.

Com certeza foi melhor do que pegar uma fila, passar o cartão de débito, falhar miseravelmente em puxar papo com a menina do caixa e falar tchau enquanto recuso a minha via do comprovante, como eu sempre faço.

Gizmodo News.com.au


publicado em 22 de Março de 2012, 12:14
File

Fabio Bracht

Toca guitarra e bateria, respira música, já mochilou pela Europa, conhece todos os memes, idolatra Jack White. Segue sendo um aprendiz de cara legal.\r\n\r\n[Facebook | Twitter]


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura