A melhor coisa do planeta

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Asm selo png

Sabe aquela viagem que você faz com os amigos e vai se lembrar para sempre? A minha foi ano passado. Para o Planeta Atlântida.

Talvez você nunca tenha ouvido falar. Ou talvez saiba que é aquele festival grande que tem lá no Sul. Mesmo que conheça e assista na TV ou na internet, você realmente não sabe o que é. Como todo bom festival de música, é preciso estar lá pra descobrir.

Fazia menos de quatro meses que estava morando em Porto Alegre. Dois amigos vieram de São Paulo. Alugamos um carro e pegamos a freeway rumo a Xangri-Lá (nome da cidade onde acontece o festival – Atlântida é o nome da praia). Sem lugar para dormir, com uma barraca pra acampar e muitas garrafas pra beber. E, só descobriria na volta, uma grande história pra contar.

Não vou falar dos shows, da estrutura, das mulheres. Tudo isso foi foda, mas não foi o mais importante. O que realmente importava era estar lá, eu e meus amigos, em outro planeta. Dormimos as duas noites dentro do carro alugado, pagamos por um banho no esquema fast food, tomamos chuva o fim de semana inteiro. Voltamos três bagaços humanos, sujos até o pé. Mas de alma lavada.

Neste primeiro fim de semana de fevereiro de 2012, outros gaúchos e forasteiros estão vivendo suas próprias histórias. Eu espero que sejam tão boas quanto a minha. E se você souber de alguma coisa no planeta que seja melhor do que uma viagem foda com os amigos, por favor, me avise. Adoraria experimentar.


publicado em 04 de Fevereiro de 2012, 08:05
288dbfc68bd583f0713725ca42d848e2?s=130

Rafael Ribeiro Rocha

Aprendeu a ler com a Turma da Mônica e nem se importa mais quando perguntam "biblio...o quê" ou fazem piadas sobre espanar poeira. Acredita que a educação pode mudar o mundo, mas não sabe se o mundo quer ser mudado. Corinthiano, alfabetizado e leitor, nasceu em Lagoinha-SP e mora na Cidade Maravilhosa.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: