Como de fato controlar seu estilo de vida, real por real

Uma coisa com a qual me preocupo com alguma regularidade é com meu estilo de vida e como ele tem aumentado nos últimos anos. A preocupação não é com o aumento em sí, mas sim em manter esse aumento condizente com a minha realidade financeira.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Uma coisa com a qual me preocupo com alguma regularidade é com meu estilo de vida e como ele tem aumentado nos últimos anos. A preocupação não é com o aumento em sí, mas sim em manter esse aumento condizente com a minha realidade financeira.

Quando eu era um estudante com pouco dinheiro e meus amigos também eram todos uns quebrados, era fácil se contentar com umas fatias de pizza requentadas e pegar ônibus para onde quisessemos ir. Mas então vem o trabalho e com ele o dinheiro. E a vida começa a ficar mais confortável com um carro, com deixar a casa dos pais em busca do nosso próprio cantinho, roupas novas, equipamentos eletrônicos diversos. Seja por pressão dos amigos, vontade própria ou simplesmente porque o dinheiro não quer ficar no nosso bolso, com o aumento dos nossos rendimentos vem junto a tendência de aumentar nosso padrão de vida.

cachorro-dinheiro
O numerário que você gasta com bobagem constrói meu patrimônio, pequeno imberbe *

Ao longo da vida profissional já tive muitos períodos de altos e baixos, em grande parte por ter decidido tomar a estrada do empreendedorismo e montar empresas. Não me arrependo desta escolha, muito pelo contrário, mas o aprendizado prático que exige às vezes nos faz cair. Até agora tem sido bom, pois sempre que caí, ao levantar estava um pouco mais alto. Exatamente por saber que essas pequenas quedas podem acontecer de tempos em tempos, há a necessidade de controlar nosso estilo de vida para que ele não se torne maior do que nossos rendimentos possam suportar. A perda de um emprego pode ser uma tragédia sem fim para quem vive do salário, sem nenhuma reserva para as emergências.

As atitudes que tenho tomado para manter meus gastos em níveis adequados e evitar aumentos exagerados no meu estilo de vida são os seguintes:

  • Poupança em primeiro lugar. Você já leu isto antes, mas é porque realmente funciona.Pague primeiro a si mesmo. Se você ganhar um aumento, aumente imediatamente o percentual que já guarda para você, seja num fundo de previdência privada, caderneta de poupança ou como eu faço, investindo em consórcios. Quanto menos dinheiro cair na sua conta corrente normal, menos urgência você terá em gastar este dinheiro.
  • Viver com uma fonte de renda. Tanto minha esposa quanto eu trabalhamos em tempo integral. Ela em um emprego tradicional e eu com minhas empresas e alguns projetos eventuais. Porém decidimos viver com um valor mensal fixo, independente de quanto estejamos ganhando atualmente. Isso nos permite aumentar os valores que vão para nossas reservas ao mesmo tempo que nos coloca um limite realista de despesas mensais que nos permitirá trabalhar menos e usar nosso tempo para coisas mais importantes, como cuidar pessoalmente de nossos filhos.
  • Comprar um apartamento adequado. Para a maioria das pessoas a maior parte do que ganham vai para a moradia, seja para pagar a casa própria, seja pagando aluguel. Comprar o apartamento adequado não significa pegar o maior valor que o banco lhe permitir! Comprando a maior casa possível você também estará inflando muitas outras coisas. Você terá que decorar cada quarto extra, colocar ar-condicionado neles, pagar mais IPTU. Escolhemos morar em um apartamento enorme e com excelente localização, então procuramos por um já construído há vários anos, para pagar um valor mais adequado. Uma vantagem extra que só notamos depois de já ter comprado o mesmo é que com as peças extras conseguimos fazer um escritório para cada um, dispensando a necessidade de alugar uma sala comercial para minha empresa ou um ateliê para minha esposa.
  • Ser realista em relação aos carros. Provavelmente a segunda maior despesa para todas as pessoas. Eu adoro carros, mas também sei que carros esportivos ou de luxo significam mais do que apenas um valor de compra maior. Significam seguro mais caro, custos de manutenção, maior gasto de gasolina e necessidade de gasolina premium, mais cara. Outra coisa importante em relação ao carro é saber como ele será usado. Quando viajava com regularidade, passando na estrada mais de 50% do tempo em que estava dentro de um carro, subindo e descendo a serra em estradas cheias de caminhões lentos, tinha um carro maior, mais confortável e com motor mais potente para dar segurança nas ultrapassagens. Hoje ando 90% do tempo dentro da cidade, estacionando na rua com frequencia, logo, tenho um carro popular baratinho e econômico acabo de trocar de carro, comprei meu primeiro zero-quilômetro :-)

       
    cagando-dinheiro
    Lembrando que, toda regra tem exceções. Se você caga dinheiro, por favor, ignore solenemente tudo dito acima.*

    Basicamente eu tento definir um estilo de vida simples, com foco no que é realmente importante para minha esposa e eu. Nos demos conta de que nosso estilo de vida já é maior do que o de mais de 90% da população mundial. Tudo o que compramos vem em resposta a uma necessidade real ou algo que realmente damos valor, não apenas “porque podemos”.

    Um exemplo prático: eu mesmo corto meu cabelo porque para manter meu corte atual basta passar a máquina e depois minha esposa supervisiona e acerta algum pedaço em que eu tenha passado errado, normalmente atrás do lado esquerdo. É simples e fácil. Mesmo que fosse multimilionário, ainda assim iria cortar meu próprio cabelo.

    E você, sabe o que é suficiente para si mesmo? Já parou para pensar nisso? Responda nos comentários.

  • Dívidas em último lugar. Ao contrário do que pensam as empresas de cartão de crédito, ganhar mais dinheiro não significa que você pode pegar mais emprestado. Apesar de possuir limites de crédito cada vez maiores nos meus cartões, eu nunca considerei usar este crédito para comprar bens que irão depreciar de valor.

publicado em 25 de Março de 2009, 19:58
32bf018aa82744e220879cafbd5e37ad?s=130

Fabricio Stefani Peruzzo

Fabricio Stefani Peruzzo é empresário e investidor. Financeiramente independente desde os 35 anos, ajuda as pessoas na trilha da independência financeira e construção de patrimônio. Saiba mais em http://www.peruzzo.org e http://www.investimentoemimovel.com.br


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: