Como iniciar uma coleção de Action Figures

O passo-a-passo para quem quer começar a colecionar bonecos e figuras de ação, mas ainda está perdido com as etapas

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Para alguns pode ser algo novo, mas para os nerds, as famosas action figures (figuras de ação ou, se preferir, pode chamar de "bonequinhos" ou "hominhos") são itens incríveis para deixar qualquer ambiente bem bacana.

Com a propagação da cultura pop, que até então era restrita a um determinado nicho, o número de produtos e de novos adeptos deste segmento só tem aumentado. E você poderá ser o próximo colecionador (a) dessas belezinhas.

“Eu adoraria ter uma figura de ação, mas não sei por onde começar...”

Não se preocupe, estou aqui para ajudar. Ou, ao menos, tentar.

A primeira figura de ação a gente nunca esquece

Pensar que tudo isso pegou fogo...

Sempre gostei de brinquedos, mas por conta da situação financeira da minha família na época em que eu era garoto, tive poucos dos brinquedos do momento. Um que me lembro com muito carinho é o Quartel General dos Comandos em Ação da Estrela. Além da base militar, dois bonequinhos completavam minha alegria. O contentamento foi tanto que, num dado momento, atirei um pouco de álcool e fogo para colocar emoção na brincadeira. Tempos depois me pegava pensando no que tinha feito e me perguntava "por que eu fiz isso? Poderia ter tudo isso comigo hoje". Prometi a mim mesmo que nunca mais brincaria com fogo.

Na adolescência conheci o anime Cavaleiros do Zodíaco e aí fiquei doido. Queria por que queria toda a turma de Seiya e os outros. Meu pai só conseguiu comprar o Mu de Áries (que nem era meu signo) por conta da procura e do preço também. Na época, um cavaleiro custava R$ 50,00 com um salário mínimo de mais ou menos 100, 120 reais. Tenso né? Como prometido, não botei fogo, mas passei a figura para um primo mais novo, pois já era um cara de 18 anos e não queria saber mais disso.

Puro papo...

A vida adulta chegou e, com ela, algumas facilidades além de boletos para pagar. Me deparei com uma nova linha de figuras da Bandai dos cavaleiros chamada de Cloth Myth. Fiquei boquiaberto com a evolução das figuras e com uma promoção, em 2011, que me permitiu comprar a Shaina na loja Limited Edition. Mas, naquele momento, percebi outra coisa: não sou muito bom com promessas (botar fogo em brinquedo pelo menos isso eu não faço mais) e dois dias depois comprei a Marin.

Como já tinha uma amazona porque não ter a outra né?

Alguns dos meus cavaleiros de ouro que vieram depois, ainda da coleção Cloth Myth da Bandai

Essa introdução foi para mostrar que um item deste tipo está muito ligado com nossas emoções. Compramos um desse segmento porque gostamos de algo. Se você gosta de um filme, é comum que você tenha algo relacionado a ele. E isso se aplica a séries, games, artistas entre outros entretenimentos disponíveis por aí.

E com as figuras de ação não é diferente. Esse brinquedo de gente grande é comprado por conta da ligação que você tem com determinada mídia. Geralmente a compra das primeiras figuras de ação são desta maneira.

Só devemos tomar cuidado para não deixar de pagar os boletos da vida de adulto e pagar somente de bonecos.

Colecione com moderação

Comprei a Shaina, Marin e depois vários cavaleiros. Me empolguei mesmo com a situação. Estava feliz da vida em ver aquelas figuras de ação lindas no meu expositor. Aquilo fazia com que eu voltasse a 1994, quando vi o anime pela primeira vez na saudosa TV Manchete.  Essa vibe nostálgica de relembrar os velhos tempos passou quando chegaram os primeiros boletos dos cartões após compra. Foi um Meteoro de Pegasus na boca do estômago.

Não me dei conta de que tais bonequinhos eram caros. Eram itens de colecionadores e, por conta disso e de outros fatores, o preço deles são acima de alguns brinquedos convencionais.

Primeiro que esses itens são importados. E com o dólar na casa dos 3 reais e alguns quebrados mais impostos, a brincadeira pode ficar nenhum pouco divertida. Sem contar que o preço desses itens subiu até no país de origem.

A empolgação foi tanta que até cenário mandei fazer para eles. Tudo estava lindo e maravilhoso até vim a primeira fatura do cartão de crédito

E por fim, não fiz um planejamento para saber o quanto poderia gastar do meu orçamento para comprar determinada figura de ação. Existem figuras para todos os gostos e bolsos. Saber dosar o seu gosto mais o quanto você poderá gastar já é meio caminho andando para comprar com cautela e não ter aquele susto quando chegar a fatura do cartão de crédito.

Para não ter problemas como eu tive na compra das primeiras figuras de ação, compartilho algumas dicas com vocês:

Analise se você quer apenas uma figura de ação ou uma coleção

Saber o que você quer é o primeiro passo para comprar com cautela e sem agredir sua carteira.

Assistiu Guardiões da Galáxia e ficou apaixonado pelo Baby Groot, mas só por ele? Existem vários Baby Groot para diversas faixas etárias e bolsos. Como é um produto com um apelo muito grande para um público diverso, você consegue achar ele em várias lojas e sites, e até em algumas lojas de departamento.

Groot Guardiões da Galáxia 2 Pop da fabricante Funko. Preço varia de 90 a 160 reais

Agora, se você deseja ter a turma da galáxia toda, por exemplo, pesquise quais figuras já estão disponíveis do grupo e seus principais fabricantes. A Hasbro tem uma linha chamada Marvel Legends. Apesar de serem vendidas individualmente, a linha é lançada em grupos e cada figura vem com uma peça para montar uma outra figura (conhecida como BAF ou Wave, como essa, dos X-Men, que cada boneco vem com uma peça para montar o Juggernaut). O preço dessa linha varia de R$ 130,00 a R$ 230,00 reais em média. A empresa Hot Toys, famosa por figuras com detalhes incríveis, disponibiliza no mercado figuras acima dos R$ 900,00 reais.

A Arlequina do filme Esquadrão Suicida está custando, em média, R$ 1.500,00 a R$ 1.799,99.

Groot na escala do filme, da Hot Toys. Preço varia de 1.000 a 1.300 reais

Viu só a diferença? Descobrir o que você deseja é fundamental para dar continuidade na sua coleção.

Gostei da figura de ação! Eu quero é mais!

Se você é daqueles que comprou, se empolgou e deseja continuar comprando bonequinhos, bem-vindo ao clube. Agora que você está ciente em montar sua coleção, anote o que você deseja obter. Isso é muito importante para saber lidar com alguns imprevistos.

Um deles é querer colecionar alguma série de figuras que já teve início ou que não existe mais. Neste caso, é necessário pesquisar em grupos da internet a possibilidade de comprar itens usados, o que é normal nesta situação. Eu mesmo já comprei alguns itens, como uma Tempestade da série Legends, mas fabricada na época pela empresa Toy Biz. A figura é do começo dos anos 2000 e, com muita pesquisa, consegui efetuar a compra com sucesso por meio de grupos nas redes sociais.

Tempestade que adquiri usada em ótimo estado. Na época fabricada pela empresa Toy Biz, a figura foi lançada há mais de 7 anos

Vamos supor que você deseja colecionar os cavaleiros de bronze da linha Cloth Myth EX da Bandai. Todos já foram lançados. Você pode até encontrar (muito difícil) novos, mas com um preço elevadíssimo. Neste caso entra novamente a busca por itens usados.

Troca de figuras de ação

As trocas também são práticas comuns para dar continuidade na coleção.

Novamente, os grupos nas redes sociais são de grande ajuda para obter peças sem gastar ou gastando pouco dinheiro.

Além das figuras de ação: onde guardar seus bonecos

Outro detalhe importante para quem quer colecionar: algumas peças são bem delicadas e precisam ficar bem alojadas. Nesse caso, um expositor é essencial para proteger a figura. Temos aqui um gasto a mais que você terá que colocar no papel.

Figuras de ação geralmente são caras e delicadas. Pensar em um local para expor é fundamental. Aqui elas estão no expositor que mandei fazer de acrílico, que tirei para não sair reflexo na foto

Lojas de móveis às vezes têm algumas peças que não são exatamente expositores, mas cumprem bem tal função. Se não conseguir achar, você pode mandar fazer sob medida que terá um preço variado conforme tamanho do móvel para armazenar sua coleção.

Agora, se você tiver criatividade e habilidade para montar seu próprio expositor, melhor ainda!

Pré-venda

Comprar itens em pré-venda é uma forma de adquirir uma figura de ação com preço mais em conta, principalmente figuras raras que tem uma produção em menor escala.

Antes de concluir o procedimento, informe-se sobre a política da pré-venda da loja que você irá comprar a figura. Geralmente elas pedem 10% do valor e o restante você paga quando ela for lançada.

Nada de jogar a embalagem fora!

Sei que é complicado guardar caixas e mais caixas de qualquer item que compramos. Ainda mais se o espaço disponível for muito pequeno (ou nem existir, dependendo da situação).

Guardar a embalagem é essencial para revender sua figura de no futuro se for necessário. Você pode até vender ela sem caixa, mas o preço será bem menor.

 

Na hora de guardar as caixas uma dica é usar esses organizadores. Dedicar um espaço no guarda-roupa também ajuda

Hoje eu faço o seguinte procedimento para amenizar meu problema de espaço: se eu realmente quero ficar com determinada figura, eu jogo a caixa fora, caso contrário, eu guardo a caixa para vender a figura da forma mais completa possível e com isso faturar mais com a revenda. Meu novo gabinete e espelho do banheiro foi feito com 70% das vendas de algumas figuras da minha coleção.

Com essas informações, garanto que você será mais feliz nas compras no começo do que eu e muita gente que se empolgou demais na hora de gastar nosso suado dinheiro.

Agora você já possui algumas dicas, certo? Pesquise, divirta-se, sonhe, monte coleções na cabeça e no papel.

Na próxima quinzena eu vou publicar as principais lojas, fabricantes e grupos no Facebook para você poder adquirir a tão sonhada figura de ação que você deseja.

Certo?

Por hora, coloquem suas dúvidas e desejos aqui nos comentários e vamos bater um papo.


publicado em 11 de Julho de 2017, 00:00
Manoel roberto soares jpg

Manoel Roberto Soares

Acha que falar de videogames é tão divertido quanto falar de futebol, música ou cinema em uma mesa de bar. Talvez com pouca cerveja na mesa, mas ainda é uma mesa, né?


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: