Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 5 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

Dave Matthews Band no Vivo Rio

Apesar de ser músico e fanático por música, sempre tive um pouco de preconceito pelo fanatismo e tietagem tão presentes no showbiz.

Mas, ao assistir a um espetáculo como o de terça feira passada, minha paixão é reafirmada, preconceitos são descartados e fica novamente clara a força que a música exerce sobre as pessoas.

DMB artigo (1)

crédito: fabioveloso.com

Foram mais de 7 anos de espera, e o show do Dave Matthews Band que aconteceu no Vivo Rio teve incansáveis 3h30 de duração. O frequente gostinho de quero mais que normalmente fica após um grande show cedeu lugar a um sentimento de satisfação e realização. Completo.

O público teve uma participação memorável, em especial o pessoal do dmbrasil.net. O Rodrigo Simas escolheu o setlist da banda (que nunca repete um setlist, por sinal), e o espaço relativamente pequeno que é o do Vivo Rio deu ao show um tom extremamente pessoal. Eram cerca de 4500 pessoas abarrotadas na casa, pulando e cantando de cor cada música.

DMB artigo (3)DMB artigo (4)

crédito: fabioveloso.com

O ápice, pra mim, foi provavelmente quando a banda começou a tocar a tão esperada #41. O pessoal do dmbrasil distribuía dezenas e dezenas de balões vazios pelos ares, e quem pegava um enchia e jogava pra cima. Em pouco mais de 1 minuto, a vista que se tinha era de um mar de balões brancos pelo Vivo Rio. A homenagem ao falecido saxofonista da banda, Leroi Moore, tendo seu nome clamado em coro pelo público junto aos balões, emocionou a banda. Com certeza o momento mais marcante do show, não somente para os fãs, quanto talvez principalmente para o Dave Matthews Band.

DMB capaDMB Vivo Rio (6)

crédito: fabioveloso.com

Pros mais letrados em DMB, segue o setlist do show, copiado do dmbrasil:

1 - Bartender *
2 - Warehouse *
3 - You Might Die Trying *
4 - Stay Or Leave *
5 - The Stone *
6 - Say Goodbye *+
7 - Cornbread *
8 - Grey Street *
9 - Crush *
10 - So Much To Say *
11 - Anyone Seen The Bridge *
12 - [Too Much] *
13 - Ants Marching *
14 - Jimi Thing *
15 - Satellite *
16 - #41 *
17 - So Damn Lucky *
18 - Don't Drink The Water *
----------
19 - Burning Down The House *
20 - Two Step *
* com Jeff Coffin (saxofones e flauta)
+ com Carlos Malta (flauta)
[ ] indica um tease ou música incompleta

E pros que ficaram na vontade, segue algumas fotos e vídeos do show:

Warehouse

link vídeo warehouse

Two Step

link vídeo two step

DMB artigo
É, foi foda.

Mais vídeos no fórum PdH.


publicado em 08 de Outubro de 2008, 12:40
32fca473cce798759d841fc4ceea04a9?s=130

Lucas Cerro

Lucas não imagina mais como seria a casa perfeita, ou a namorada perfeita ou o carro perfeito. Não acredita mais nisso de ter ânsia por um futuro premeditado. "A vida é o que acontece enquanto se faz planos pro futuro", já disse um sábio. E o plano é aprender com cada passo.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura