Eduardo Galeano: pra que serve a utopia?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Durante um ano fui professora de fotografia ambiental de uma turma do ensino médio. E como era difícil sensibilizar algumas pessoas acerca da sustentabilidade em quaisquer de suas dimensões: social, econômica ou ambiental.

Diante de meus argumentos, escutava com frequência "Pra que?", "Que diferença faz?", "Por que?".

Naquele ano me sentia especialmente sem respostas.

Afinal, por que nos comprometemos com determinados projetos, mesmo na incerteza de resultados? Por que acreditar na possibilidade de mudanças, em novas relações, novos modos de estar no mundo e de celebrar a vida? Pra que e como renovar as esperanças diante de tamanha complexidade e tantos problemas?

Estas foram perguntas que me surgiram diante de tantas outras escolhas e experiências, em sala de aula, mas também fora dela.

Encontrei uma linda resposta neste relato de Eduardo Galeano – jornalista e escritor uruguaio:

Link Youtube

‎"[...] em Cartagena das Índias, há algum tempo, quando eu estava na universidade fazendo uma espécie de palestra com um grande amigo, diretor de cinema argentino, Fernando Birri. E então os meninos, os estudantes, faziam perguntas – às vezes a mim, às vezes a ele. E fizeram a ele a mais difícil de todas: um estudante se levantou e perguntou 'Para que serve a utopia?'.

Eu o olhei com dó, pensando 'uau, o que se diz numa hora dessas?', e ele respondeu estupendamente, da melhor maneira. Ele disse que a utopia está no horizonte, e disse 'Eu sei muito bem que nunca a alcançarei, que se eu caminhar dez passos, ela ficará dez passos mais longe. Quanto mais eu buscar, menos a encontrarei porque ela vai se afastando à medida que eu me aproximo'.

Boa pergunta, não? Para que serve a utopia?

Pois a utopia serve para isso: caminhar."

A utopia, o sonho, serve pra isso, pra nos mover adiante. Talvez, um dos sentidos mais importantes de estar por aqui.

Mesmo conscientes da impossibilidade de se esquivar da morte, nos engajamos na vida, acreditamos que a caminhada pode ser bonita e a experiência neste mundo significativa.

Seguimos!


publicado em 24 de Novembro de 2013, 13:25
84efe3db16dcb07b5dbacbd8a97c4540?s=130

Ana Claudia França

Professora da UTFPR. Dedica-se à pesquisa e desenvolvimento dos temas: Design, Cultura, Imagem e Comunicação. Interessa-se por tudo que possa melhorar relações entre pessoas e a vida em sociedade. Escreve também em seu blog.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: