Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Meditamos, testamos QI, melhoramos a performance e a Disney não comprou o PdH: Outubro foi foda

Todo mês no PapodeHomem sempre começa com um clima de que não há a menor certeza do que está por vir. Ainda que tenhamos planos, calendários, agendas, projetos e façamos todo um esforço para cumprir metas e estabelecer padrões, o melhor que nós conseguimos é um chute que pode ser mais ou menos preciso, dependendo de como tudo vai caminhando.

Algumas coisas, claro, são fruto de algum planejamento e realmente dão bastante certo. Fizemos mais um PdH Sessions, com o Pitanga em Pé de Amora, resultado de semanas de trabalho. Fizemos um vídeo com o Lama Padma Samten, explicando como começar a meditarLançamos uma nova camiseta na loja PdH, igualmente, fruto de um esforço bem orquestrado por parte de várias pessoas.

Na esfera pessoal também não é diferente. O Jader, sua esposa e o Felipe Franco embarcaram rumo à Colômbia após alguns meses de ligações e acertos entre várias pessoas para manter tudo funcionando. O Cambi saiu com sua moto desbravando os EUA. Por outro lado, Alex Castro está por aí. Sem rumo certo, sem internet, sem dar notícias e sem mandar flores. Sempre fazendo aquilo que o seu espírito de escritor manda, sem olhar para trás, sem pensar duas vezes.

Nós que aqui ficamos temos uma estranha sensação. A de que uma grande parte do que produzimos poderia muito bem ser criação de um gerador de improbabilidade.

Não havia como prever que teríamos uma repercussão tão grande do nosso curso rápido de feminismo para homens. Nós não fazíamos ideia, no começo do mês, que teríamos um texto tão foda sobre broxada, um papo de bar com todo mundo no mundo, que conheceríamos alfaiates de bicicletas ou que nosso designer, Felipe Franco e a nossa querida videomaker, Luiza, participariam do Cavalate Parade.

Não havia como saber que Eric Hobsbawn nos deixaria e muito menos que o George Lucas venderia a Lucasfilms e os direitos de produção do Star Wars para a Disney.

Todo mês é essa loucura, as coisas vão tomando proporções imprevisíveis.

E outubro não foi diferente. Esse mês foi foda.

E pra vocês, o que rolou de improvável por aí?

1. Feminismo para homens, um curso rápido, por Alex Castro (131.612)

De homem para homem, algumas noções básicas e indispensáveis sobre feminismo.
O texto é longo. Cada uma das subseções poderia facilmente ser um texto independente. Teríamos multiplicado nossos pageviews, mas o conteúdo ficaria disperso e espalhado, difícil de acessar e consultar.
Preferimos publicar tudo de uma vez. Salvem. Leiam aos poucos. Repassem aos amigos. A discussão vai ser longa.

2. Como testar o QI de uma pessoa com apenas uma pergunta?, por Fabio Bracht (64.221)

O QI é apenas uma característica de avaliação humana. Ele demonstra o Quociente de Inteligência geral, associada principalmente com capacidade de comunicação verbal e desenvoltura na execução de certos tipos de tarefa. Não mede alguns outros valores que podem ser desejáveis em uma pessoa, como paciência, ética, inteligência emocional, criatividade e habilidade social.
Mesmo assim, às vezes é bastante útil termos uma ideia do grau de inteligência de alguém. Seja em um processo de seleção para emprego ou mesmo, quem sabe, por que não, em uma festa – você valoriza a inteligência da pessoa com quem possivelmente irá para a cama daqui a pouco, não?

3. O que há de realmente errado em não depilar o cu?, por Seane Alves (27.298)

Parece que os homens não percebem o quanto é opressor o estereótipo que persegue as mulheres sexualmente ativas. O modelo é a atriz pornô e a garota de programa de luxo. Mas eles nunca param para se perguntar onde a maioria das mulheres deveria aprender todo esse checklist pré-sexo, enquanto, até outro dia, a mulher inexperiente que só ficasse parada na cama representava a boa criação.

4. Bom dia, Stoya, por Jader Pires (24.223)

Note uma coisa interessante: Se eu botasse vídeos com essa mulher, sem que nenhum de vocês soubessem quem ela é, esse seria um bom dia bom de ser linchado no meio da rua, com o helicóptero do Datena e tudo. Eis uma pequena que é branca por demais, sem pecado algum na pele. Ela não tem seios, seu corpo é meio musculoso, a cara é séria, sem brandura aparente.
Ela não tem bunda, não tem pernas grossas, macias, cara de burrinha, lábios brilhantes, mal dica nua nos vídeos que eu estou prestes a mostrar, já namorou o louco do Marilyn Manson! Se vocês não reconhecem essa menina, não haveria nova chance pra mim aqui no Bom Dia.

5. Bom dia, Charlotte Herbert, por Jader Pires (22.820)

Um bom dia rápido e calmo pra colocar os pensamentos em dia após o feriado.
A pequena Charlotte é ruiva. Com pintinhas lindas, tanto as naturais quanto as desenhadas em seu quadril. Mais que seios vistosos, é a diferença entre a cinturinha fina e a bunda grande que faz dela, a garota perfeita pra estrelar o nosso bom dia de hoje.

6. Como aumentar sua performance profissional, artística, física e intelectual, por Jader Pires (18.788)

Eis a performance nossa de cada dia. Desempenho no trabalho, no amor, na vida. Entregar sempre o melhor de si, surpreender, ir além da média. É mais ou menos o que todo mundo procura – ou gostaria de procurar – em tudo o que faz, seja o âmbito que for.
Mas como alcançar essa performance ou superar seu próprio desempenho. Esso é mesmo necessário?
Arrancamos de especialistas – leia-se, sujeitos de grande competência nas respectivas áreas, todos vindos de nossa rede – algumas respostas e pensamentos sobre o assunto.

7. Para começar a meditar, por Gustavo Gitti (17.178)

Recebemos quase diariamente perguntas relacionadas ao treinamento da mente. Felicidade acompanhar como cada pessoa, ao seu jeito, percebe que é impossível viver melhor apenas no modo “Deixa a vida me levar”. Se queremos menos ansiedade, se queremos relações sem tantos conflitos, precisamos de práticas específicas, assim como fazemos quando queremos emagrecer.
Orientar essas pessoas, no entanto, é um desafio. Não somos professores de meditação e a maioria dos tutoriais online não é confiável: quem realmente ensina presencialmente (em retiros de ensinamentos aprofundados) não perde tempo gravando mil vídeos para o YouTube.
Diante dessa situação, convidamos um dos maiores professores brasileiros para gravar um vídeo com orientações precisas para quem deseja começar a meditar.

Vimeo | YouTube

 8. Os homens ainda querem se casar?, por Escrevedora Y (14.611)

Acompanho o trabalho do PapodeHomem há mais ou menos um ano e meio. Fiz uma busca no portal por textos falando especificamente sobre casamento, só que encontrei apenas textos escritos por mulheres. Resolvi procurar o Guilherme pedindo ajuda perguntando se existia algum texto escrito por algum ogro falando sobre casamento. Não sei se existe, porque ele (como bom ogro que é) me mandou pescar!
Então, lá vai:
Os homens ainda querem se casar? Acreditam no casamento? Por quê?

9. Vocês podem não acreditar, mas isso existe de verdade, por Pedro Américo (14.378)

Em 1969 o mundo parou para ver o homem na Lua, hoje todo mundo fala que foi tudo balela, coisa do Kubric. Uns falam que o maior conquistador da história foi o Casagrande, digo, o Alexandre o Grande, já outros falam que foi a Rainha Vitória, e eu tenho amigos que juram de pé junto que foi o Kubanacan, ou melhor, Genghis Khan.
A grande verdade é que o mundo antigamente era mais lúdico, mais inocente. Hoje as pessoas fazem questão de ser um tipo bizarro de Fox Mulder. Se o agente secreto “queria acreditar”, agora a moda é a mineiridade de “quero desconfiar”.

10. Para namorados, namoradas, esposas e maridos, por Gustavo Gitti (13.629)

Nos últimos anos vivi e também acompanhei de perto alguns fins e quase-fins de relacionamento. Além dos desencontros logísticos, dores no corpo e perturbações emocionais, há diversas visões bem limitadas que só nos atrapalham — são como mapas equivocados, mal feitos, que usamos durante o namoro e nessa hora agarramos ainda mais para achar saídas.
Para apontar algumas faces dessa cegueira cognitiva que nos afasta do bom senso e da realidade, melhor do que teorias e argumentos, deixo três exemplos.

Qual nosso melhor artigo de outubro na sua opinião?


publicado em 02 de Novembro de 2012, 07:00
Avatar01

Luciano Andolini

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Facebook e Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura