Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Receita simples de Torta Capixaba pra Páscoa

Pedindo licença ao Dr. Cook, venho mostrar pra vocês como fazer um dos pratos mais típicos da minha região, a Torta Capixaba, totalmente tradicional, para o almoço de domingo de páscoa.

Um pouco da história

Como informa o site Folha Vitória:

"A Torta Capixaba é um prato tão presente na história do nosso Estado que até Pero Vaz de Caminha comentou nas cartas sobre o hábito dos índios de comerem uma mistura de frutos do mar com palmito.
Segundo o historiador Adilson Vilaça, a mistura indígena não era a torta como conhecemos agora, mas com certeza foi o que podemos chamar de “tataravô” da atual.
É somente por volta do século IX que a torta como conhecemos começa a tomar forma. Os portugueses já tinham o hábito de comer frutos do mar e com a forte influência que a igreja católica possuía sobre o povo lusitano, o hábito de não comer carne na Semana Santa era seguido à risca.
Foi nessa época que os portugueses tiveram a ideia de acrescentar o marisco e o bacalhau à mistura feita pelos índios. Nascia a Torta Capixaba."

Os Ingredientes


  • 7 ovos ( a quantidade de ovos é proporcional ao tamanho do recipiente)

  • ½kg de palmito-doce, tem de ser o doce não pode ser o de conserva de jeito nenhum!

  • 200gr de siri desfiado

  • 200gr de caranguejo desfiado

  • 200gr de camarão

  • 200gr de ostra

  • 200gr de sururu

  • 500gr de bacalhau desfiado

  • Cebola, azeite, azeitona, limão, coentro, cebolinha verde (a gosto)

Modo de preparo

O Palmito-doce é necessário cozinhá-lo durante cinco minutos, apenas com água. Após o cozimento pegue um pano de prato branco e seque o palmito, o espremendo ate ficar bem sequinho.

Com o bacalhau é preciso retirar todo o sal, cozinhando previamente para depois desfiá-lo.

O siri, o caranguejo, o camarão, a ostra e o sururu, devem ser feitas pequenas moquecas separadamente. Logo após retira-se todo o caldo, deixando-os o mais seco possível.

Prepare um refogado com a cebola, azeite de oliva, azeitona, limão, coentro, cebolinha verde. Em seguida junte com o palmito e leve ao fogo até que desapareça a água e crie uma certa consistência.

Adicione os mariscos ao refogado e novamente mexa até desaparecer a água. Paralelamente faça clara em neve com 6 ovos. Com o refogado seco e a clara em neve pronta, desligue o fogo para o refogado esfriar um pouco. Enquanto esfria, junte a clara em neve. Adicione agora o bacalhau e misture bastante.

Coloque tudo em uma panela de barro (caso não tenha uma, use um refratário de cerâmica).

Faça uma clara de neve agora com o ovo que sobrou e cubra a torta com ela. Pegue algumas cebolas e algumas azeitonas para decorar a parte superior. Coloque algumas rodelas da cebola e uma azeitona no meio delas (Decoração tradicional).

Leve ao forno até que a espuma esteja bem corada.

Esta receita satisfaz 6 pessoas, perfeitamente.

Deixem suas dúvidas e comentários por aqui. Bom apetite!


publicado em 03 de Abril de 2010, 13:44
3dac94fe5d397bdcc9ba506de6f437dc?s=130

Diego Rebuli

Estudante de Engenharia de Produção na UVV, amante da tecnologia, abnegador do futebol, eterno desastrado, antiparadigmático e o coreano mais falsificado do recinto.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura