Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Sete vidas

00:00

Vindo pela avenida enxergo, 10m à frente, um filhote de gato encolhido no meio da rua. Enfio o pé no freio, arrasto os pneus por alguns metros e paro em cima, com o bicho imóvel debaixo do protetor de cárter. Sem nenhum arranhão.

Ligo o alerta, tiro ele de baixo do carro, jogo na calçada e vou embora. Três quadras à frente, penso que ele vai morrer daqui a pouco naquela mesma avenida. Faço a volta e o ponho dentro do carro, pra largar num mato, ou pelo menos longe da via.

Deixo na frente de uma construção, numa rua pouco movimentada, e começo a pensar: O bicho nasceu num mundo completamente maluco e não entendeu nada desde o começo. Desde então, zanzou sem amparo, chorando por ajuda enquanto coisas passam por ele, e em pouco tempo vai morrer sozinho, sem nenhuma chance, em total desespero.

Igual eu.


publicado em 02 de Novembro de 2013, 06:54
File

Taxista

Conto histórias que acontecem.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura