Trabalhar fora do Brasil: os melhores países para ser expatriado

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Com ou sem Copa do Mundo, existem muitos brasileiros que querem, independente dos motivos (social, financeiro, pessoal), dar o fora do Brasil. Ou, sendo bem menos dramático, muita gente quer apenas conhecer novos lugares e tentar a vida em culturas diferentes, novos ares, outros mares, sabe?

Para fazer uma nova jornada em  outras terras, importante é perceber o que outras nações podem oferecer de bom. Se a sua ideia é fazer as malas e partir de vez, tem que pensar, então, nos quesitos que contam a longo prazo. O HSBC fez, em 2013, uma pesquisa com 7.000 expatriados (pessoas que moram e trabalham fora de seus países de origem) para classificar os melhores destinos para uma nova pátria de acordo com três critérios: economia, experiência e lugar para criar os filhos.

A pesquisa, The annual Expat Explorer Survey, levou em conta uma série de itens para formar essa tríade decisiva. A nota de economia envolvia salário, rendimentos disponíveis (salário total menos os impostos locais) e o nível de satisfação com o trabalho local. Já a experiência precisou de 29 itens compostos, como chance de fazer amigos, cultura local, qualidade do transporte, oferta de cultura e entretenimento e acesso à saúde. Para fechar, a criação de filhos passou por acesso à escolas e hospitais de qualidade.

Alguns países não entraram na lista por conta de dados insuficientes, como a Suíça, que liderou de longe o quesito economia, mas não tinha informações para formar a nota de criação dos filhos, assim como Brasil, Argentina, Índia e Japão. A Tailândia, que também ficou de fora, foi a mais citada quando o assunto é gastar pouco.

No geral, parece que a melhor ideia é decidir se mudar para a Ásia, continente com mais países na lista.

24. Irlanda

Dublin
Dublin


  • Economia: 36º

  • Experiência: 30º

  • Criação dos filhos: 24º

Um dos países europeus com crescimento mais rápido após a crise de 2008, ganhando até o apelido de Tigre Celta.

23. Itália

Ilha Levanzo, oeste da Sicília
Ilha Levanzo, oeste da Sicília


  • Economia: 37º

  • Experiência: 28º

  • Criação dos filhos: 17º

É um destino tradicional, mas fica complicado no quesito emprego. Quem consegue pode se considerar um sortudo.

22. Reino Unido

Londres
Londres


  • Economia: 32º

  • Experiência: 27º

  • Criação dos filhos: 19º

O Reino Unido está bem melhor que a Itália e Espanha com a questão do emprego, mas tem o custo de vida mais alto do mundo, sem contar o mau tempo que, para brasileiro, pode ser tragédia ou solução.

21. Kuwait

A capital do Kuwait é a Cidade do Kuwait
A capital do Kuwait é a Cidade do Kuwait


  • Economia: 26º

  • Experiência: 34º

  • Criação dos filhos: 18º

O que não falta no Kuwait é estrangeiro. Mais da metade dos habitantes do país não nasceram lá e a migração é a terceira maior do mundo.

20. Espanha

Valência
Valência


  • Economia: 34º

  • Experiência: 34º

  • Criação dos filhos: 9º

Um dos países que mais sofreu com a crise de 2008 e que ainda tem poucas oportunidades de emprego. O custo de vida não é dos mais altos, mas conseguir trabalho é que é o difícil.

19. Arábia Saudita

Riade
Riade


  • Economia: 15º

  • Experiência: 37º

  • Criação dos filhos: 22

Um país que possui a segunda maior reserva de petróleo (sendo o maior exportador mundial) e a sexta de gás natural certamente vai gerar uma grande procura por emprego.

18. Holanda

Amsterdã
Amsterdã


  • Economia: 28º

  • Experiência: 33º

  • Criação dos filhos: 14º

Holanda tem a quarta melhor qualidade de vida do mundo. Isso por si só explica muita coisa da procura de um outro país para se morar.

17. França

Lyon
Lyon


  • Economia: 33º

  • Experiência: 21º

  • Criação dos filhos: 3º

Falar francês é metade do caminho para conseguir emprego no país que também é destino tradicional imaginado.

16. México

Cidade do México
Cidade do México


  • Economia: 22º

  • Experiência: 17º

  • Criação dos filhos: 20º

O México é um país cheio de problemas com violência, mas tem muitas qualidades que encantam. A apropriação dos espaços públicos (o que não falta por lá são praças e todas tomadas de gente) é uma delas. Estando nos lugares certos, a experiência de se viver no México pode ser bem proveitosa.

15. África do Sul

Pretória
Pretória


  • Economia: 30º

  • Experiência: 14º

  • Criação dos filhos: 5º

Baixo custo de vida, cultura diversificada e falta de mão-de-obra qualificada. Muita gente vai para a África do Sul, mesmo com a alta criminalidade conhecida, para ganhar bem e gastar pouco.

14. Nova Zelândia

Matamata, onde foi filmado "O Senhor dos Anéis"
Matamata, onde foi filmado "O Senhor dos Anéis"


  • Economia: 29º

  • Experiência: 18º

  • Criação dos filhos: 4º

Aquelas paisagens de filme, aquela promessa de surfar e esquiar no mesmo dia, fora o fato maravilhoso de estar isolado do resto do mundo. Tirando os terremotos, parece que a Nova Zelândia é, sim, um bom lugar pra se viver.

13. Catar

Doha
Doha


  • Economia: 3º

  • Experiência: 29º

  • Criação dos filhos: 23º

O país tem a maior renda per capta do mundo e não haveria como ser diferente que pessoas corram para lá atrás de um pedacinho dessa grana toda.

12. Estados Unidos

Maine
Maine


  • Economia: 23º

  • Experiência: 23º

  • Criação dos filhos: 12º

O sonho americano, reza a lenda, ainda está lá, junto com a maior população de imigrantes do mundo, com quase de 50 milhões de europeus, latino-americanos e asiáticos das mais diversas nacionalidades.

11. Turquia

Capadócia
Capadócia


  • Economia: 10º

  • Experiência: 22º

  • Criação dos filhos: 21º

Depois do sucesso da novela...

Mentira. Ainda pleiteando seu lugar dentro da União Europeia, a Turquia tem um custo de vida relativamente baixo na Europa.

10. Hong Kong

A Cidade-Estado administrada pela China
A Cidade-Estado administrada pela China


  • Economia: 19º

  • Experiência: 25º

  • Criação dos filhos: 11º

Hong Kong tem uma economia poderosa, mas está entre os custos de vida mais caros da Ásia. Mas sua infraestrutura (saúde e transporte, por exemplo) são ótimos.

09. Emirados Árabes

Dubai
Dubai


  • Economia: 16º

  • Experiência: 26º

  • Criação dos filhos: 13º

Além do luxo evidente e das obras faraônicas, um exemplo bom de se ouvir (no caso, ler): em Dubai não há imposto sobre renda ou lucro.

08. Bélgica

Bruxelas
Bruxelas


  • Economia: 25º

  • Experiência: 19º

  • Criação dos filhos: 6º

Alto padrão de vida, sede da União Europeia e da OTAN, e fincada no coração da Europa. Vai atrair, sempre, pessoas que queiram viver lá.

07. Rússia

Moscou
Moscou


  • Economia: 20º

  • Experiência: 12º

  • Criação dos filhos: 10º

Quando ouvimos falar em Rússia, logo imaginamos o frio dos diabos, a barreira da língua, a máfia, o Vladimir Putin. Mas, de acordo com a pesquisa, quem vai pra lá gosta muito do que encontra.

6. Canadá

Quebec
Quebec


  • Economia: 18º

  • Experiência: 16º

  • Criação dos filhos: 8º

Em qualquer pesquisa de qualidade de vida e desenvolvimento humano e bem estar você encontrará o Canadá no meio. O que não falta é piadinha com a hospitalidade e tranquilidade e delicadeza desse país.

5. Austrália

Sidney
Sidney


  • Economia: 17º

  • Experiência: 5º

  • Criação dos filhos: 7º

Dizem que a Austrália é o "Brasil que deu certo". O clima, a posição no globo terrestre, a história de colonização. O fato é que o país dos cangurus é destino preferido dos brasileiros. Pare e pense quantas vezes você falou ou ouviu conversas que começam com "eu tenho um amigo que foi morar na Austrália e...".

4. Ilhas Cayman

George Town
George Town


  • Economia: 5º

  • Experiência: 4º

  • Criação dos filhos: 15º

As Ilhas Cayman são um território britânico no Caribe, entre Cuba e Jamaica. Só isso.

3. Cingapura

A Cidade-Estado do sudeste asiático
A Cidade-Estado do sudeste asiático


  • Economia: 9º

  • Experiência: 6º

  • Criação dos filhos: 2º

Cheio de estrangeiros com a guinada econômica de lá, Cingapura pode ser uma ótima pedida. Curioso é que o chiclete é proibido no país, mas, se você não gosta do doce, então tudo ok.

2. Alemanha

Frankfurt
Frankfurt


  • Economia: 7º

  • Experiência: 11º

  • Criação dos filhos: 1º

Perdeu duas guerras mundiais, perdeu para o Brasil na Copa do Mundo de 2002 e, mesmo assim, se reergueu em todas as vezes e é, mesmo depois da crise na Europa, um país forte de economia robusta e lugar onde qualquer pessoa desse mundo gostaria de morar.

1. China

Xangai
Xangai


  • Economia: 2º

  • Experiência: 3º

  • Criação dos filhos: 16º

A bola da vez é a China e seu crescimento econômico absurdo. Na nota, o que pesa bastante é a criação dos filhos, provavelmente pelo regime maluco da republica popular.


publicado em 14 de Junho de 2014, 06:47
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: