Vai cozinhar? Tenha os equipamentos básicos!

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Chega um certo período da vida que muitos precisam ou começam a cozinhar por si mesmo. E então bate aquela dúvida: o que preciso comprar? Panelas, facas, potes? O que não falta são equipamentos, além de seus preços nem sempre justificáveis, ainda mais quando não se tem uma noção do que é necessário

Antes de colocar a mão na massa, certos aparatos básicos são imprescindíveis para desempenhar alguma arte na cozinha (ou uma grande bagunça).

Mantenha o foco e tenha apenas o essencial! Com isso quero dizer: você não precisa de trocentas facas e panelas, e muito menos de equipamentos caros e de utilidade duvidosa. É necessários produtos de qualidade que vão durar por um bom tempo e que sejam realmente úteis.

bartolomeo_scappi2
Utensílios (ferramentas?) usados pelo chefe de cozinha Bartolomeo Scappi há mais de 400 anos.

Os cinco itens essenciais para sua cozinha

1. Tábua de corte – Nada de cortar os ingredientes na bancada ou dentro de prato. Ter a superfície ideal ajuda no trabalho, sem falar que não prejudica a faca. Fique atento ao tipo de material da tábua. Seja plástico ou madeira, compre uma de qualidade. Não importa qual escolher, se ficar escurecida de sujeira (leia-se: fungos), jogue fora e compre outra.

2. Faca – Posso dizer sem muitas dúvidas que é o item mais utilizado dentro da cozinha. Você precisará cortar, picar e aparar quase tudo! Uma boa faca de cozinha (ou chef, como alguns dizem), quando bem cuidada, vai acompanhá-lo bastante. Existem vários tamanhos, mas as de 6 e 8 polegadas são as mais usuais. Recomendo também a compra de uma chaira para manter o fio da faca.

3. Frigideira – Compre qualquer coisa menos aquelas finas de alumínio. Escolha uma de aço-inox – se for toda de camada tripla melhor ainda, mas não chega a ser uma característica mandatória. Sendo toda de metal poderá levá-la ao forno para terminar um prato. Será útil para carnes (selar medalhões), finalizar pasta (macarrão), refogar os mais diferentes tipos de vegetais... as possibilidades são infinitas. A faixa de tamanho (em diâmetro) varia de 20 a 30cm, sendo que a de 20 pode ser muito pequena, mas a 30 é relativamente grande. Fique entre a de 24 ou 26cm.

4. Panela grande – Tenha pelo menos uma com, no mínimo, 4L de capacidade. E uma menor para preparar os acompanhamentos.

5. Colher ou mexedor – Colher de pau, espátula de silicone, fouet (batedor de arame)… Você vai precisar de alguma coisa para mexer toda essa comida, não?

charia-faca
Charia e faca (foto do autor)

Como podem ver é um lista enxuta, focando no básico do básico. Praticamente quando vou cozinhar sempre penso no que vou usar para ter o menor trabalho durante e depois, afinal lavar pilhas de louça não é o que chamo de diversão.

Com o passar do tempo, você vai ganhando mais prática e conseguirá descobrir quais outros equipamentos você precisará. A sugestão acima é para iniciar a brincadeira, o resto vem depois.

Não vai ser uma compra barata, eu sei. Porém, pare e pense: melhor investir em produtos que vão durar do que ficar repondo sempre quando algum deles estragar. Pense a longo prazo e deixe de ser muquirana!

Ah, e lembre-se: mulher sempre repara em tudo. Enquanto a gente está indo, ela já foi, voltou e sabe os nomes de tudo que você tem por perto. Então, faça bonito.


publicado em 17 de Agosto de 2009, 08:47
6b06178fe92de183060ab08ca277cd7c?s=130

Vitor Hugo

Vitor Hugo, farmacêutico-bioquímico por formação, é cozinheiro e fotógrafo de comida amador. Edita o blog PratoFundo sobre gastronomia em geral.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: