[Cobertura PdH] Porto de Galinhas, 5 dias inesquecíveis

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Há uma pesquisa, cuja fonte não me recordo agora, que diz o seguinte: quando perguntaram a pessoas em seu leito de morte o que gostariam de ter feito mais durante a vida, duas respostas se destacaram…

1. Ter viajado mais.

2. Ter passado mais tempo com os entes queridos, sejam amigos ou familiares.

--

Essa é a pura verdade. O lado inconveniente é o quão fácil nos esquecemos disso.

Segue abaixo o relato saco-roxo de uma das mais memoráveis viagens de toda minha vida. 60+- blogueiros, 5 dias no paraíso, sem limites.

--

O começo, primeiros dias de setembro

A última vez em que visitei Porto de Galinhas, eu era um pirralho com seus 10 anos. A praia já era famosa por ser um local único. Hoje ela ostenta o título de 8 vezes campeã como melhor praia do Brasil, pela revista Viagem & Turismo, além de possuir um complexo hoteleiro fantástico erguido nos últimos 9 anos, que conta com um grupo de hotéis cinco estrelas obscenamente luxuosos.

Mas antes de descobrir isso tudo, fiquei sabendo pela primeira vez da ação Porto Cai Na Rede pelo Morróida. Ele me falou que havia sido convidado para ir a Porto de Galinhas passar uns dias com tudo pago. Achei mega do caralho, mas falei que não havia sido chamado dessa vez. O tempo passou, vi cada vez mais bloggers twittando a respeito do projeto e de terem sido escalados para o mesmo. Não recebi convite, mas fiquei na minha. Se fosse pra rolar, iria rolar. Sem pressa.

E rolou.

Recebi o email-convite do Eden, grande organizador do evento. Aceitei de bate pronto, óbvio. Isso foi por volta do começo de setembro. A viagem, após algumas idas, vindas e imprevistos, foi marcada para começar no dia 30 de Setembro e seguir até 4 de Outubro.

30 de Setembro, Quarta – dia 1 do #portocainarede, “Aquecendo os motores…”

Correndo contra o relógio para finalizar pendências de trabalho a tempo de pegar o voo das 17h. Chego em Congonhas 16h30 cravado, check-in terminado. Conto com a boa vontade dos atendentes para ser o último a embarcar. Diga-se de passagem, sou mestre em chegar *exatamente* no último minuto para o embarque em qualquer tipo de transporte, seja via ar, terra ou mar. Coisa profissional.

image

Desembarcamos em Porto já de noite. Somos recebidos com breja à vontade, sala vip, Galinha gigante e dança do frevo.

Seguimos para o ônibus. Pessoal se acomoda no fundão e já inicia os trabalhos, tocando o terror. Eu sigo nas primeiras cadeiras, ainda com paulistice-aguda, respondendo 1001 emails no meu iPhone.

Chegamos no hotel Villagio, onde rola uma recepção de boas vindas pela produção do evento, conduzida por Diego Jatobá, Secretário de Turismo de Porto de Galinhas, o anfitrião de toda a viagem, o cara que bancou o sonho.

Aqui tive o prazer de rever grandes amigos como o Felipe Neto, Fred Fagundes, Ivo Neuman e sua dama, Knuttz e sua dama, Ricardo Cobra, Dani Koetz, Edu Hoffmann, Philipe Gump e sua dama, Brogui, Luiza Gomes, caraleo, e isso não é nem metade da lista.


Caio pediu sua namorada Luiza em casamento na viagem, uma semana antes. Bolas de aço.
caio

De todo modo, prosseguimos com welcome drinks à vontade. Mas o pessoal estava cansado – o que muito me espantou – e já que o dia seguinte começava sua programação bem cedo, foi todo mundo dormir. O foda é que ficamos em hotéis diferentes, então não dava pra galera se reunir numa mesma piscina e jogar conversa fora a noite toda. O ônibus da Luck Turismo me deixou no hotel Marulhos, juntamente com o Humberto, o Renê Fraga e a Carol Reine, que seriam vizinhos de quarto.

Entrei. Putaqueopariu, que quarto foda!

Liguei o som no talo, invadi o frigobar e dormi entre latinhas de Brahma e reprises dos Simpsons na TV.

1 de Outubro, Quinta – dia 2 do #portocainarede, “Jeeps, asfalto, cachoeiras e sangue!”

Roteiro:


  1. Acordei às 7am, sem ressaca. Abri a cortina. Putaqueopariu, que vista foda!

  2. Banho, café da manhã dos campeões e voltamos ao ônibus.

  3. 1 hora de Jeep Toyota comendo poeira

  4. visita a uma cachaçaria do século XVIII

  5. 1h20² de Jeep Toyota comendo asfalto/poeira

  6. parada estratégica pra mijar no meio da estrada

  7. cachoeira 1

  8. concurso da Gata Malhada! not.

  9. foto com bicho-preguiça

  10. cachoeira 2, com direito a entrar na água dessa vez

  11. almoço dos campeões, em um castelo/gruta de frente pra uma cachoeira absolutamente fuderosa

  12. soneca na rede

  13. 1h20² de Jeep Toyota de volta ao hotel

  14. parada pra ver o Obaobá, o tronco gigante da fertilidade, com direito a abraço coletivo

  15. relaxamento + massagem com bolas feita pelo habilidoso negão do hotel. bolas de tênis, pederastas.

  16. janta estupenda no Villagio

  17. “tentativa de balada” com música pra dançar agarradinho à noite toda. sim, era essa o nome da festa. #fuck

  18. “à exceção de uma galerinha do mal que se uniu à beira-mar para beber, trocar idéia e jogar adedonha freestyle com a profissionalíssima professora Rebeca.” (treta)

  19. de volta no quarto às 2am, fui dormir às 3am, após mais algumas brejas e ligações para amigos(as) aleatórios que ainda estavam acordados

Fotos:


O casal 20 da viagem, Caio Brogui e Luiza Gomes, que se casaram em cerimônia na praia, lucky bastards.
IMG_0095jeepslu-gomes
Bicho preguiça tá sempre on drugs, fato.
cachuIMG_0050

Morróida
presente em forma de galinha pernambucana. Esse fdp fez falta.
gata-molhadamorroida

Taí o tal tronco da fertilidade
redebaoba
lua

2 de Outubro, Sexta – dia 3 do #portocainarede, “O melhor dia de 2009, ponto.”

Roteiro:


  1. Acordando às 7am novamente, com meu café da manhã favorito de praia: ovos mexidos, cachorro quente, melão e melancia.

  2. somos esquecidos no Hotel Marulhos, o bugue não aparece nem fudendo

  3. eis que, do meio da mata virgem, surge a Professora Rebeca, a coordenadora faca na caveira do #portocainarede. ela faz algumas ligações e pronto, o famigerado bugue aparece.

  4. chegamos na praia dos corais, com sua população de 20 mil ouriços e águas límpidas. ótimo pra mergulhar e fazer belas fotos.

  5. pausa para drinks, água de coco e imersão alcoólica. nice.

  6. todo mundo entra nos bugues! são 19 deles, putaqueopariu! sol rachando.

  7. rumo ao Marupiára Hotel. hidroginástica valendo latinha de cerveja? opa, PdH levou essa fácil.

  8. seguimos para o Hotel Armação, comemos um banquete dos deuses. mais praia, mais piscina, mais rede, mais brejas.

  9. todo mundo de volta nos bugues! o_O

  10. passeio de jangada no mangue em busca de cavalos marinhos. sim, soa como roteiro de Senhor dos Anéis, mas foi real.

  11. por do sol. foda.

  12. uma hora de descanso na piscina aquecida do hotel.

  13. hora de seguir para o Enotel, o local onde as brejas, vodkas, whiskies e todo o resto do universo etílico são *liberados*.

  14. Caio e Luiza se casam, cercado de multidão de bloggers de bermuda, Rede Globo, Livestreaming e Twitter-Streaming. digital love revolution.

  15. festa pós-casamento, champagne à rodo, bloggers meio mornos. quando a galera pega embalo e professora Rebeca declara que é hora de voltarem a seus aposentos. shit.

  16. volta no ônibus foi muy buena, digamos…

  17. desço do ônibus, são 2am, me recuso a dormir.

  18. chamo um táxi na recepção do hotel, falo “vamos pra Porto de Galinhas, quero festa!”.

  19. encontro com meu amigo do Rio Grande do Sul, na balada! putaqueopariu!

  20. ele, eu e mais um insano vamos pra praia, onde permanecemos nos trabalhos etílicos até o sol nascer. quase perco meu iphone na areia umas 12 vezes.

  21. os fdps me colocam no carro de um cara que nunca viram na vida antes, pra me dar carona. eu, extremamente consciente, não dou a mínima.

  22. 7h30am, vou dormir.

Fotos:

recifes

link vídeo com brinde à blogosfera

Reparem que fui o primeiro a virar o copo de breja e deixar os demais espantados com a habilidade mineira de absorver álcool.

marupiara
hidrosungaboy
IMG_0067bugues
jangadamangue
As duas fotos acima são cortesia do
talentoso Duquian
.


Os recém-casados,
abençoados por Jesus
… quer dizer, Fresno.
casados

Yep, a máxima permanece. Nenhuma festa com champagne liberado consegue ser ruim.
champagne

3 de Outubro, Sábado – dia 4 do #portocainarede, “La Última Fiesta!”


  1. 9h15am, acordo com a porra do telefone tocando na minha orelha. ressaca olha pra mim e dá bom dia.

  2. passeio de Catamarã até mais uma praia paradisíaca. bons papos no barco, amizades reais surgindo. cara, a viagem ficava melhor a cada momento.

  3. estou vermelho, muito vermelho. o sundown parece não estar segurando a onda. perigo iminente de insolação.

  4. mesmo assim, pego uma breja e vou curtir um pouco de mar e bate papo com os brothers.

  5. almoço à tardinha no Summerville. provalmente foi a melhor refeição que fiz em 2009. putaqueopariu!

  6. uma turma sai pra jogar Rockband, eu fico com os brothers Felipe Neto, Pablo e Rafottus na piscina do hotel, batendo papo e tomando umas no bar molhado até às 19h.

  7. banho e na sequência seguimos para a vilazinha comprar uns badulaques.

  8. compro presentes pra sortear aos leitores PapodeHomem!

  9. hora de La Última Fiesta! rumo ao bar latino Santeria.

  10. a festa? vejam as fotos. transformamos um bar vazio fora de temporada em um caldeirão humano que deixaria as festas de Ibiza no chinelo. Luige comanda!

  11. 3h30am, voltamos pra casa. um bando de blogueiros bêbados, unidos, completamente felizes. indescritível. o clichê dos clichês, todos se abraçando e se despedindo.

  12. hora x, vou dormir.

Fotos:


Dani
me dando uma mão na minha vigésima segunda passada de Sundown do dia
bronze
catamarapaponareiacomprasfiesta

4 de Outubro, Domingo – dia final do #portocainarede, “I did it my wayyyyyyyyy!”


  1. 8h30, acordo.

  2. meu transfer para o aeroporto sai às 9h40. droga, aquele ventinho conhecido “tudo que é bom demais um dia acaba” começa a bater suave. mas tudo bem, abro outra breja e tudo volta ao normal.

  3. meu transfer chega. uma parte do pessoal já foi embora. alguns sortudos ficam para o histórico jogo contra o Íbis, o lendário pior time do mundo.

  4. Íbis, o pior time do mundo, ganha do time de blogueiros por 8x0. Mauro Shampoo, que não fazia gol há mais de uma década, marca. a história vira capa do GloboEsporte.com .

  5. avião, mais despedidas, ônibus de volta pra Congonhas, casa. 17h.

Fotos:


Pfffffffffffffffffffffff…
image

É isso, valeu Porto de Galinhas. Ano que vem tem mais.
IMG_0099

--

Compiladão do #PortoCaiNaRede em vídeo


link compiladão em vídeo

(Créditos para o grande Fred Fagundes, dono de um dos melhores textos da blogosfera. O cara é foda.)

Recuperando o fôlego.

A viagem foi isso, mais do que posso descrever, ainda mais sabendo que vocês não estavam lá pra viver cada momento de insanidade conosco.

Meu conselho:

Juntem seus amigos, seus verdadeiros amigos, e viajem. Não deixem para depois. Conheçam Porto de Galinhas, conheçam outras praias, mas aproveitem. Estou em casa, em plena madrugada, trabalhando empolgado como nunca. Cortesia de Porto.

Aos interessados:

--

Opa, e quais prêmios os leitores levam dessa vez?

Entonces, na vilazinha de Ipojuca, tive o prazer de descobrir uma pequena loja chamada Pornstar, lar das mais sagazes camisetas do universo. Comprei várias. E duas delas serão sorteadas entre *todos* que comentarem nesse artigo.

IMG_0106IMG_0107
Taí os prêmios que trouxe de Porto de Galinhas com todo carinho pra vocês, macacada. Direto da loja Pornstar.

Mas para não virar a putaria da última promo que fizemos nesses moldes onde o pessoal deixava comments completamente acéfalos, dessa vez é um pouco diferente.

Como participo afinal?

Deixe um comentário sobre o tema desse artigo ou comentando a última viagem do caraleo que tenha feito com sua turma do coração.

Todos que fizerem isso estarão automaticamente concorrendo ao sorteio das 2 camisetas. Quem fizer comentário vazio,só pra ganhar as camisetas, está fora.

Simples.

--

Agradecimentos Finais

Acompanhe a tag #portocainarede no Twitter e o álbum colaborativo de fotos no Flickr.

Informações oficiais da ação em www.portocainarede.com.br.

Recomendo também que leiam a cobertura oficial do TRETA. Fuderosa.

--


patrocinadores-porto-cai-na-rede

--

ps: à noite vou linkar o nome de todos os presentes, está foda montar uma lista completa, tinha uma verdadeira manada presente. prometo updates no post.


publicado em 07 de Outubro de 2009, 12:23
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: