Como estão percebendo a presença das marcas no PapodeHomem? [PESQUISA]

Leva menos de 2 minutos pra preencher, você vai receber uma bela surpresa em seu email e, acima de tudo, ajudar o PdH a seguir evoluindo

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Como um veículo independente se mantém vivo? Escutando sua comunidade, todos os dias. Fácil falar, compromisso difícil de sustentar, em especial quando se conversa com milhões de pessoas cuja atenção está sendo disputada a unhas e dentes por diversos outros projetos, notícias, vídeos e gifs web afora.

Por isso o texto de hoje é rápido e rasteiro. Gostaria de dois minutos de seu tempo e a sua mais sincera opinião, mais nada. Se já quiser preencher a pesquisa, clique aqui.

Dá pra preencher também pelo celular, pode clicar aqui ou na imagem acima

Prometemos devolver um PapodeHomem firme na direção de seguir produzindo conteúdo útil e de qualidade, por meio de uma relação ética e construtiva com as marcas.

Além disso, quem preencher pode deixar o email (caso queira) para receber uma surpresa relativa ao nosso evento "Homens Possíveis".

Qual a utilidade desse questionário?

A maneira como trabalhamos hoje pode parecer simples, mas quando iniciamos esse processo em 2007, ninguém fazia isso. Quando lançamos a "Campanha pela Transparência Online", há mais de 10 anos, identificar a presença de marca em um artigo era praticamente proibido pelas agências. A ordem do dia era enganar os leitores para obter mais cliques.

Nunca compramos esse caminho. De lá pra cá puxamos uma série de atitudes que ajudaram a estruturar padrões éticos no mercado digital, creio. E hoje temos uma operação com inúmeras etapas invisíveis rodando nos bastidores para levar cada um de nossos conteúdos apoiados por marcas a vocês.

Para seguirmos nos aprimorando e aprendendo com as visões de vocês, te peço pra preencher esse rápido questionário.

Um grande abraço.


publicado em 27 de Novembro de 2017, 19:03
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: