Flash mob na hora errada

Flash mobs foram febre durante um tempo. Não importa onde você estivesse, de repente alguém poderia sair dançando, música explodindo por todos os lados, estranhos entrando em sincronia, fazendo passos ensaiados e transformando o mundo em uma cena de animação da Disney.

O Improv Everywhere fez fama com seus vídeos de flash mobs dos mais variados tipos. Stormtroopers no metrô, pessoas andando sem calça pelo metrô, gente brincando de estátua no Grand Central em Nova York e até uma invasão de Caça-Fantasmas na Biblioteca.

Tudo muito engraçado, tudo muito divertido. Exceto quando acontece na hora errada.

Sim,  há momentos nos quais seria ridículo ter um flash mob. Ou, no mínimo, perigoso.

Aquela reunião sobre a crise financeira da empresa não é um bom momento para sair dançando. Pessoas podem ser demitidas.

Assim como também não se deve fazer um flashmob em funerais. Todos sabem que cemitérios e dança aumentam a incidência de zumbis.

Flash mob e zumbis
Flash mob e zumbis

Caçar fantasmas gigantes em meio à cidade também é um bom exemplo de flash mob de mau gosto. Mas, confesso que desse eu gosto.

cap_ghostbusters_cinebug_5
Inappropriate Flash Mob

Essa animação, chamada utiliza-se da premissa de que, bem... há momentos em que não precisamos de flash mobs.

Link Vimeo


publicado em 17 de Setembro de 2013, 11:04
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura