Como ir além do "tudo bem" num bate papo? Como falar sobre emoções com seus amigos sem parecer estranho? Ensinamos nessa animação de 2 minutos, vem ver. ;-)

Mato, homem nu e vida adulta | Os melhores comentários da semana

Escrever é também vomitar questões sensíveis da nossa existência

É uma coisa bem visceral, escrever. 

Quando a tela se põe branca nos seus olhos, vale tudo: a livre-associação corre solta e, se você se atentar às entrelinhas, vai ler mais do que está escrito sobre quem redige um texto.

Por isso, é inevitável não vomitar questões sensíveis da nossa humanidade vez em quando – e parece que isso aconteceu nessa semana que passou. Falar do nosso retorno à natureza com a ousadia de incitar o saudosismo pode ser perigoso e até desencadear nostalgia crônica. Tão difícil quanto é assumir os percalços de assumir uma vida adulta, com todas suas obrigações e expectativas frustradas.

Por fim, a tela vazia também tem poder de remodelar conceitos da moral tão cravados em nós.

Ao menos é isso que dizem os melhores comentários da semana.

Em Gente da cidade ou do mato: o que a natureza nos ensina sobre ser mais humanos

Em Bom Dia, Wider Gonçalves

Em Um trabalhador apaixonado pelo que faz

Em O que ninguém conta sobre ser adulto

Em A arte de permitir que os outros estejam certos​ 

 


publicado em 25 de Março de 2016, 05:45
Img 5371 jpg

Marcela Campos

Tão encantada com as possibilidades da vida que tem um pézinho aqui e outro acolá – é professora de crianças e adolescentes, mas formada em Jornalismo pela USP. Nunca tem preguiça de bater um papo bom.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura