Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Como planejar um não-jantar perfeito

Savoir-faire.

Do francês, literalmente "saber fazer".

É a arte de se comportar com confiança nas mais variadas situações, estando preparado ou não. De porte desse atributo, as mais delicadas e sensíveis situações se tornam naturais.

E naturalidade, em um encontro, é roubar no jogo.

Com ela é possível criar uma noite única, tirar do chão os pés de sua amada - ou futura amada. Focando em detalhes básicos como música e decoração, um jantar intimista é facilmente oferecido mesmo com pouca grana. Você não precisa nem ser um gênio da criatividade, um mestre cuca, um Don Juan ou um Guilherme Valadares.

Basta estar de olhos abertos. Te mostramos como.

Nada de detetives ou horas pesquisando os gostos e locais preferidos no Foursquare. Isso qualquer imbecil descobre. É preciso ter tranquilidade para saborear o doce prazer de se conhecer uma pessoa pouco a pouco, sem a ânsia de antecipar seus gostos e preferências. Em tempos de Facebook e Twitter, é um alívio estar frente a frente com um mistério a se desvelar.

Seja atencioso, mas não nunca um vendedor de concessionária barata. Você confia no que tem na garagem.

Um jantar não é só um prato.

Nem entrada, comida ou sobremesa.

Um jantar preparado e oferecido deve ser visto como uma ocasião. Ninguém vai até sua casa somente para comer, como um restaurante. Prepare-se para tratar a convidada como uma pessoa que tem na comida somente a última das expectativas.

Entra aqui a importância dela ser apresentada à sua realidade. Apresente suas músicas favoritas, seu filme, um pintor que te agrade. Não se preocupe se possuírem gostos distintos. Isso reflete uma autenticidade confiante, de quem não precisa se provar.

Querer agradar, exageradamente, é brochante.

Convide-a para sonhar contigo, conhecer novos mundos e experiências. Poucas coisas dão tanto prazer a uma mulher como ser habilmente conduzida.

A arte de improvisar na cozinha

Ela está no seu território, na sua caverna, no seu ambiente. Você conhece cada centímetro dessa casa. É chegado o momento de proporcionar essa mesma sensação a ela.

Deixe para cozinhar coisas simples na frente dela. A mulher gosta de saber que o cara teve essa disposição de preparar algo especial. Chame-a para cozinhar, converse enquanto manuseia as facas com destreza. Improvise com charme. Compre aquele petit gateau pré-pronto. É a coisa mais simples do mundo e praticamente infalível.

Um ambiente informal - mas limpo, cheiroso, com boa música e razoavelmente organizado - é o necessário para quebrar a possível falta de intimidade. Velas e meia luz ajudam, claro.

Cuide para detalhes de limpeza e higiene, em especial no banheiro. Mulheres tendem a ficar desconfortáveis em banheiros estranhos. Ela não necessita encontrar pelos ou odores estranhos por lá.

Sobre o restante da casa, apenas não vá ser organizado em excesso. Vai causar uma sensação meio neurótica de que nada deve ser tocado ou mexido.

Quer ser bom? Seja autêntico. Esqueça de sequências, de listas e manuais prontos.

Esse artigo, quando muito, é um paradoxal guia de "como não planejar o jantar perfeito". Pois a "perfeição" está aí, em tornar o momento tão leve, despretensioso e agradável quanto possível.

Essa tabelinha linda feita pra ser ignorada é tudo que você não precisa

Basta seguir o que você sempre foi. E não as listas de como agir.

Raramente uma dica ou guia será mais eficiente do que sua própria personalidade.

Isso, de demonstrar quem você é, já demonstra um claro sinal de atitude e confiança. É esse pensamento que te leva até a recompensa. Afinal, eu já disse. E disse mais de uma vez: a recompensa não se pede.

Se faz pedir.

Ah, e faça-nos esse favor: prove-nos que você pode ser o melhor do seu jeito e conte-nos como foi.

Mecenas: Philadelphia

Agora que você aprendeu o passo a passo para preparar um jantar matador, que tal entrar na fanpage de Philadelphia e retribuir nossa boa ação votando no PapodeHomem?

A cada mês, dois sites fazem a disputa. Clicando aqui você decide como será o encontro de maio. Se esse artigo for eleito o melhor do desafio, o PapodeHomem será o anfitrião de um baita evento no Mercadão de São Paulo.

Além de escolher o seu tema favorito, você vai poder participar do evento. Mas fique esperto: as vagas são limitadas. Portanto, vote no PapodeHomem, torça com todas as forças e garanta seu lugar.


publicado em 14 de Maio de 2012, 12:51
File

Fred Fagundes

Fred Fagundes é gremista, gaúcho e bagual reprodutor. Já foi office boy, operador de CPD e diagramador de jornal. Considera futebol cultura. É maragato, jornalista e dono das melhores vagas em estacionamentos. Autor do "Top10Basf". Twitter: @fagundes.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura