Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 5 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

O que esperar da NFL em 2012

Mais uma temporada da NFL chega ao fim. Temporada que começou há aproximadamente quatro meses com um emocionante jogo entre Saints e Packers.

Passou rápido.

Como sempre, as histórias e polêmicas de 2011 vão desaparecendo e abrem espaço para novas narrativas, novos personagens. Portanto, o que podemos esperar da NFL em 2012?

Um antigo ditado na NFL diz que são as defesas que ganham campeonatos, mas nos últimos anos a tendência tem sido clara: o antigo futebol americano baseado no jogo corrido e em defesas impenetráveis acabou. Isso fica evidente quando olhamos os times que disputam o títulos. Em vários deles vemos defesas fracas e ataques aéreos explosivos, o que torna o jogo muito divertido e eletrizante.

A tendência para 2012/2013 é os times passarem cada vez mais a bola e jogos com pontuação cada vez mais altas. Um quarterback que só gerencia o jogo provavelmente não será o bastante para competir na NFL. Falando em quarterbacks é impossível fazer uma prévida desta temporada que estar por vir sem mencionar Andrew Luck.

Peyton Manning e Andrew Luck: olho neles

Luck é o quarterback da universidade Stanford que irá para NFL sendo considerado por muitos o melhor calouro da história. Atendendo ou não às expectativas, o jovem quarterback será a principal narrativa da próxima temporada. Para tornar a situação ainda mais interessante, o atual quarterback do Colts, time que tem a prioriadade para escolher Luck, é Peyton Manning, que está na discussão de melhor jogador da história.

Manning ficou de fora desta temporada depois de fazer uma série de cirurgias graves no pescoço e agora, além da discussão sobre quão bem o veterano voltá, há a polêmica acerca do que o time fará com o melhor jogador que já passou pela equipe.

Tim Tebow, o atleta de cristo

Normalmente quem rouba as manchetes são aqueles jogadores mal-caráter e com problemas com a polícia. Não dessa vez. Então anote esse nome: Tim Tebow. O jovem quarterback, religioso e "bom moço" divide opiniões. Há quem ache que ele não é habilidoso o suficiente para jogar na NFL. E há quem acredite que sua liderança, fé e carisma continuarão o movendo à vitória. Habilidoso ou não, Tebow sabe encontrar o caminho para a vitória. Cabe agora especularmos quanto ele melhorará seus fundamentos e se ele estará pronto para entrar na categoria de elite.

A NFL anda imprevisível.

Inúmeras narrativas provavelmente se desenvolverão. A cada ano a liga fica mais emocionante e mais jardas são acumuladas.

Não há desculpas para não acompanhar esse esporte em 2012.


publicado em 03 de Fevereiro de 2012, 13:43
27dad7a25c70a7b7cf207834ffdd2565?s=130

Pedro Argento

Carioca, adora esportes radicais e é viciado em futebol americano. Nunca perde uma boa saída com os amigos, adora ir ao cinema e é administrador e escritor do site "oquarterback.com". Nas horas vagas é estudante de engenharia.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura