A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Pôr do sol e destino | Vale seu tempo #10

Esse é meu primeiro Vale seu tempo, o meu introdutório, aquele que veio como um alinhamento de astros para que, essa semana, fosse justamente eu a escrevê-lo.

Para e pensa. Esse é o décimo da série, publicado no mês dez e escrito pelo Jader, este que vos fala e que possui a décima letra do alfabeto inciando seu próprio nome. Não tinha como ser diferente. Batata. Eu poderia soltar esse texto às 10h10 só pra deixar tudo redondo, mas como sou senhor do meu destino (e só juntei todos os links valiosos da semana agora pouco), deixei para o final da tarde juntamente com essa beleza aqui, a foto que mais tem likes em nosso instagram. Um pôr do sol, seguido de um navio pitara nas águas do Caribe e -- pasmem -- outro pôr do sol.

A gente tava precisando de amor e um solzinho.

O que valeu nosso tempo

Gustavo Gitti fez essa recomendou o texto "Touching enlightenment". Segundo ele, "Reggie Ray (que estudou 17 anos com Chogyam Trungpa) escreveu sobre um tema muito raro de se conversar: a espiritualidade desincorporada e a importância de se transformar com o corpo inteiro. Leia com calma. Vale cada parágrafo".

Luciano Ribeiro recomentou o texto "36 mulheres explicam como elas se sentem quando têm desejo sexual". Está em inglês e, segundo ele, é autoexplicativo.

Alex Castro compartilhou dois textos com essa explicação: "essa semana, até o jornal mais poderoso dos Estados Unidos teve que dar o braço a torcer e elogiar a postura altruísta da medicina cubana em relação ao Ebola. Por que será que quase não levantaram essa bola na grande imprensa brasileira?". Tem o link em inglês do The New York Times e tem também a reportagem sobre o assunto em português, publicada n'O Globo.

Guilherme Valadares: "recomendo o serviço Blinkisthttps://www.blinkist.com/en/library/ – que oferece resumos inteligentes de livros que não sejam ficção. Excelente para ter contato ágil com algumas obras que você vê, tem curiosidade de ler, às vezes até compra, e nunca tira da gaveta. Se esse é você, pode assinar o serviço tranquilo. São U$4 por mês. Descobri pelo parceiro e autor da casa, Rafael Peron".

Eu recomendo o texto "Como serão os prédios em São Paulo com o novo Plano Diretor?", publicado no blog da redação da GQ:

Aprovado em julho de 2014, o novo Plano Diretor Estratégico de São Paulo vai organizar o crescimento da cidade para os próximos 16 anos. A notícia foi comemorada por arquitetos e urbanistas porque deve deixar a capital paulista mais humana. Condomínios murados e sem diálogo com a cidade darão lugar a construções abertas, com lojas na calçada e menos vagas de garagem.

Tem tudo pra ficar bem foda.

E você, qual link valeu seu tempo essa semana?

Seguimos escolhendo um dos links sugeridos nos comentários por vocês para ser incluído em nossa newsletter semanal com o melhor do PapodeHomem, que sai toda terça. Essa newsletter é nossa curadoria com o que oferecemos de melhor por aqui e o que vimos de melhor em outros sites – clique aqui pra ver como foi a última edição. Deixe seu link nos comentários, com um breve contexto. Para se juntar às mais de 35.000 pessoas que já estão em nossa newsletter, é só deixar o email:

 


Quero receber a newsletter do PapodeHomem (inclui curadoria caprichada de conteúdo que não é nosso)


 
* indicates required

 

 

 



 

* * *

“Vale seu tempo” é nossa série colaborativa de ativismo contra o consumo indiscriminado de conteúdo e a sobrecarga de informação de baixa qualidade que assola nossos dias. Para entender mais da visão por trás, venha aqui.


publicado em 24 de Outubro de 2014, 12:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura