O cotidiano é maravilhoso | Vale seu tempo #7

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

“Vale seu tempo” é nossa série colaborativa de ativismo contra o consumo indiscriminado de conteúdo e a sobrecarga de informação de baixa qualidade que assola nossos dias. Para entender mais da visão por trás, venha aqui.

* * *

Essa acabou sendo uma fase peculiar, uma vez que estávamos sem sede no PapodeHomem e todos trabalhamos de casa por quase dois meses. Confesso que gostei bastante desse período. Pra mim, foi uma época mais introspectiva, menos interferências durante o dia, mais foco. Fazia minha própria comida, cuidava da casa, lavava a louça, entrava na garagem e tocava.

Acontece que esse foi um dia bem bonito. Bastante mesmo. Solzão lá fora, vento e até uns passarinhos animados, cantando na varanda de casa. Junto com todo esse climão, veio uma inusitada disposição. Mas, procrastinador como sou, não utilizei essa energia pra derrubar a pilha de tarefas e e-mails e comentários e...

Não, nesse dia eu peguei o Django e resolvi sair. Levei-o ao parque, sentei ali, soltei o bicho e deixei ele fazer as cachorrices que tinha vontade. Ele cheirou, pulou, correu, cavou, brincou. Achei tão bonito. Tão bonito que não quis fotografar.

A cena ficou na minha mente.

Não resisti ao impulso e registrei.

* * *

Agora, já um certo tempo depois, o Jader republicou meu desenhinho no Instagram do PapodeHomem, com a hashtag #cotidianoPdH. Conta pra gente do seu dia. Nós queremos saber o que vocês estão vendo, por onde passam quando vão de casa pro trabalho ou quando estão de bobeira por aí, observando o mundo.

* * *

O que valeu nosso tempo

→ O Alex Castro descobriu que as pessoas emitem diferentes cheiros, dependendo de qual a sua posição política.

Jader Pires recomenda o texto do Pedro Jansen, que já tem um ano, mas que vai pesar para todo o sempre, sobre o drama (na falta de palavra melhor) da relação com o pai com quem não mantém contato. Uma bela escrita e uma confissão poderosa com o nome de "Devo estar preparado para acolher meu pai".

→ Guilherme Nascimento Valadares (aka GNV), antes de sair em uma viagem misteriosa (motivo pelo qual eu estou escrevendo a coluna dessa vez), recomendou o canal de humor, informação e cultura gay Põe na Roda. Antes de torcer o nariz, confie e assista o vídeo deles chamado "Não é por ser gay que eu...".

Rodrigo Cambiaghi, nosso encantador de animais e jardineiro sensual, recomendou uma explicação física e com imagens em slow motion sobre "Porque os gatos sempre caem de pé".

Gustavo Gitti recomenda o livro Buda rebelde: na roda da liberdade, de Dzogchen Ponlop, que acabou de sair pela editora Lúcida Letra: "É raro encontrar uma descrição tão precisa dos processos de transformação genuína, muito além das noções de religião e espiritualidade secular." Aqui para Kindle e aqui impresso.

→ Eu recomendo o clipe da música Fantasy, do DYE. Um vídeo incrível, com uma bela animação e um roteiro foda demais. Acredite, vale todos os adjetivos.

E você, qual link valeu seu tempo essa semana?

Seguimos escolhendo um dos links sugeridos nos comentários por vocês para ser incluído em nossa newsletter semanal com o melhor do PapodeHomem, que sai toda terça.

Essa newsletter é nossa curadoria com o que oferecemos de melhor por aqui e o que vimos de melhor em outros sites – clique aqui pra ver como foi a última edição.

Deixe seu link nos comentários, com um breve contexto.

Para se juntar às mais de 35.000 pessoas que já assinam nossa newsletter, é só deixar email:


Quero receber a newsletter do PapodeHomem (inclui curadoria caprichada de conteúdo que não é nosso)


* indicates required










publicado em 26 de Setembro de 2014, 15:22
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: