Abrimos as inscrições para o PAI 2021: Os desafios das paternidades atuais. Temos encontro marcado dias 02 e 03 de agosto. Você vem?

Por mais vozes | Curso gratuito oferece suporte para jornalistas locais, com participação do PdH

"Reconstruindo o Jornalismo Local" é um curso da Abraji com o Facebook e terá participação de Guilherme Valadares, abrindo os modelos de propostas que usamos em nossos trabalhos — inscrição gratuita, até 21/08

Dar voz. As redes têm nos mostrado que dar voz para pessoas diversas é essencial para que a mídia, os sites, os blogs representem as várias realidades do nosso Brasil.

Cada um consegue falar melhor daquilo que não apenas conhece na teoria, mas que vive na pele e no dia-a-dia.

Boa parte da grande mídia se concentra no eixo sudeste do Brasil, e principalmente nas partes centrais destas cidades, retratando pouco a periferia, como se o que estivesse longe das redações fosse mais excessão que regra. E nem sempre é assim. 

A Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), para fortalecer o jornalismo local e multiplicar as vozes que retratam as variadas realidade na mídia brasileira, está oferecendo um curso online, em parceria com o Facebook, para a Reconstrução do jornalismo local.

O programa, também chamado de Projeto Facebook para Jornalismo (FJP) é destinado a comunicadores que trabalham em meios de comunicação de abrangência local .

O jornalismo, nos bairros, comunidades, pequenas cidades, fortalece a proximidade e o engajamento de que lê ou assiste com quem produz conteúdo. Mas a falta de recursos ou a dificuldade de capitalização ainda é um obstáculo dos grandes para os produtores de conteúdo locais ou independentes (como nós do PdH).

As redes podem ser uma ferramenta útil, tornando a produção e o conteúdo mais acessível, mas mesmo assim, a logística e a produção não é nada simples e, por isso, o curso ou uma capacitação neste sentido é tão importante. 

Sobre o curso: Reconstrução do jornalismo local

Link YouTube

O curso é gratuito e está estruturado em quatro módulos temáticos que tratam de novos processos, ferramentas digitais, novas linguagens e modelos de cobertura e exploração de novos modelos de negócios. Serão 1.500 vagas destinadas preferencialmente a jornalistas que trabalham em veículos de atuação local.

O programa terá duração de oito semanas, com início em 31 de agosto, totalizando 40 horas/aula em vídeo (com legendas), além de farto material em texto, estudos de casos e seminários ao vivo e incluirá informações sobre os produtos e soluções do Facebook, para que os jornalistas façam melhor uso da plataforma (que inclui também o Instagram).

A coordenação acadêmica é de Sérgio Lüdtke e nosso querido Guilherme Valadares vai estar entre os instrutores que juntos, podem apresentar soluções e novas formas não só de pensar mas de viabilizar o jornalismo.

Dá uma olhada nos temas e instrutores:

  • Adrian Alexandri - Estudo de caso: Criando um meio jornalístico no deserto de notícias
  • Amanda Rossi - Jornalismo de Dados e LAI
  • Ana Brambilla - Fontes de financiamento: Assinaturas, crowdfunding e membros
  • André Biernath - Como cobrir ciência
  • Arnaldo Carvalho - Como criar uma estrutura de produção de vídeos baseada em smartphones
  • Carolina Oms - Como cobrir questões de gênero
  • Dal Marcondes - Fontes de financiamento: Cursos e treinamento
  • Daniela Pinheiro - Fontes de financiamento: Eventos
  • Edvaldo Pereira Lima - Jornalismo de Soluções
  • Fabrizio Bruzetti - Fontes de financiamento: Publicidade digital
  • Filipe Speck - Fontes de financiamento: Newsletter
  • Flávia Oliveira - Como cobrir questões raciais
  • Guilherme Valadares - Fontes de financiamento: pesquisas, documentários e consultorias (pra quem sempre quis saber como fazemos, lá vamos abrir a caixa-preta e inclusive dissecar os modelos de propostas que usamos)
  • Gustavo Torniero - Como tornar o jornalismo digital acessível para pessoas com deficiência
  • Hélio Miguel Silveira Filho - Ferramentas digitais para monitoramento e gestão de redes sociais e Narrativas para mídias sociais
  • José Antonio Lima - Ferramentas digitais para investigação
  • Lívia Vieira - Como usar Analytics para definir públicos de interesse
  • Luciana Cardoso - Como criar um produto digital com poucos recursos
  •  Marco Migliavacca - Como criar um Plano de negócios para uma empresa enxuta
  • Maria Elisa Muntaner - Jornalismo sem fins lucrativos - Como sobreviver?
  • Naira Hofmeister - Estudo de caso - Jornalismo de soluções
  • Nath Finanças - Como falar de finanças
  • Nina Weingrill - Seminário: Desafios do Jornalismo local
  • Paula Miraglia - Seminário: Modelos de negócios para empreendimentos digitais
  •  Paulo Talarico - Periferias no centro
  • Rafael Grohman - Precarização e oportunidades para o trabalho jornalístico
  • Rede Wayuri - Estudo de caso apresentado por Ray Baniwa, Cláudia Ferraz Wanano, Edineia Teles Arapaso e Juliana Radler
  • Reinaldo Chaves - Ferramentas Abraji
  • Renato Martins - Como organizar lives e videoconferências
  • Ricardo Fotios - Novos processos de redação em tempos de escassez 
  • Sérgio Lüdtke - Ferramentas digitais para organização do trabalho e Jornalismo Colaborativo
  • Simon DuCroquet - Ferramentas para visualização de dados
  • Valquíria Daher - Fontes de financiamento: Publicações para terceiros

Inscrição gratuita até 21/08 no link abaixo

As inscrições estarão abertas até 21 de agosto e podem ser feitas por este formulário. 

Participem e divulguem! O jornalismo agradece.


publicado em 14 de Agosto de 2020, 11:53
Logo pdh png

Redação PdH

Mantemos nosso radar ligado para trazer a você notícias, conversas e ponderações que valham o seu tempo. Para mergulhar na toca do coelho e conhecer a visão editorial do PdH, venha por aqui.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura