Quando sinto que já sei [documentário completo]

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Taí uma boa referência pra seguirmos com conversas sobre o futuro da educação.

Assisti essa semana ao documentário "Quando sinto que já sei", financiado coletivamente por 487 pessoas, usando o Catarse. A estreia foi numa salona de cinema, com direito a grandes figuras da educação e nervosismo (compreensível!) do trio de autores do projeto. Raul, Antonio e Anderson fizeram com apenas R$49.758 o que poderia facilmente custar R$800.000, como foi o caso do documentário Eu Maior, se não me falha a memória. Estão de parabéns!

A todos que estão insatisfeitos com o estado atual da educação e das escolas, que desejam sonhar junto e conhecer quem já está com a mão na massa, bom proveito:

Link YouTube | Na íntegra

Com quem eles falaram?

- Tião Rocha, educador e idealizador do CPCD

- Miguel Nicolelis, Médico, Professor na Duke University, Projeto Walk Again e Centros de Educação Científica da AASDAP

- José Pacheco, Educador e idealizador da Escola da Ponte

- Sabrina Campos, Biel Baum, Rafael Velasco, Raquel de Campos e David de Campo, Família Unschooler e Escola com Asas

- Ana Elisa, diretora da EMEF Amorim Lima

- Alexandre Sayad, jornalista, criador do Portal Aprendiz e ativista da educação

- Helena Singer, diretora pedagógica da Associação Cidade Escola Aprendiz

- Alessandro César Bigheto, pedagogo, professor e autor

- Dora Incontri, escritora e doutora em educação e referência em pedagogia espírita

- Augusto Cuginotti, Ex-educador de Summerhill e Anfitrião de aprendizagem

- Andresa Prata, Ex-educadora de Summerhill e Pedagoga

- Simone André, Coordenadora de Educação Complementar do Instituto Ayrton Senna

- Luiz Algarra, designer de fluxos de conversação e pesquisador em educação

- Rafael Parente, Subsecretário de novas tecnologias na educação do Rio de Janeiro

- Regina Steurer, fundadora e conselheira do Projeto Âncora

- Suzana Ribeiro, coordenadora geral do Projeto Âncora

- Cláudia e Edilene, educadoras do Projeto Âncora

- Tia Dag e Saulo Garroux, idealizadores da Casa do Zezinho

- Leonardo Brant, pesquisador cultural

- Rejane Cantoni, artista plástica e professora universitária

- Celso Seikiguchi, economista e pai em escola democrática

- Mauro de Salles Aguiar, Colégio Bandeirantes

- Onésima Mourthe, coordenadora pedagógica no Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento

- Gabi Yanez e Carol Sumiê, educadoras da Politeia

- Dora Montenegro, Diretora na Escola Alfredo J. Monteverde – Projeto de Educação Científica da AASDAP (Natal – RN)

- Rachel Dantas E Silva, Asessora Pedagógica na Escola Alfredo J. Monteverde – Projeto de Educação Científica da AASDAP (Natal – RN)

- Daniella Martins, Coordenadora Pedagógica unidade Natal do Projeto de Educação Científica da AASDAP (Natal – RN)

- Rosélia Cristina, Coordenadora Pedagógica unidade Macaíba do Projeto de Educação Científica da AASDAP (Natal – RN)

Quais projetos visitaram?

- Projeto Âncora (Cotia – SP)

- Casa do Zezinho (São Paulo – SP)

- Politeia (São Paulo – SP)

- EMEF Amorim Lima (São Paulo – SP)

- Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (Curvelo – MG)

- GENTE (Rio de Janeiro – RJ)

- Escola Alfredo J. Monteverde – Projeto de Educação Científica da AASDAP (Natal – RN)

* * *

Para aprofundar:


publicado em 02 de Agosto de 2014, 10:59
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: