Abrimos as inscrições para o PAI 2021: Os desafios das paternidades atuais. Temos encontro marcado dias 02 e 03 de agosto. Você vem?

Submundos masculinos | Série de reportagens mergulha em partes curiosas dos universos de homens

Do acampamento no deserto à fabrica de bonecas sexuais: jornalistas mostram as nuances das questões que envolvem as masculinidades

Em 2020 o The Guardian inaugurou uma série de reportagens chamadas “The State of Men” (O estado dos homens). 

O que está acontecendo com os homens? A quantas andamos?

Aqui no PapodeHomem a gente fala sobre isso constantemente, mas e nos jornais e mídias hegemônicas? Como as questões de masculinidade, machismo e gênero entram em pauta?

A empreitada veio como uma tentativa de mergulhar e retratar nuances mais complexas das masculinidades saindo das narrativas estereotipadas. 

“Uma longa estrutura de gênero, poder e privilégio, permeia a maioria das representações. A masculinidade em si se encontra em um estado de fluxo. 

Constantes estereótipos sobre homens – que são fundamentalmente agressivos, dominadores, promíscuos e insensíveis – aos poucos vêm sendo desmantelados, libertando homens e a sociedade como um todo para, então, ser possível rever o que forma um homem. 

Mas estas mudanças estão longe de serem abraçadas universalmente.”

Ilustração da série "The state of Men" do The Guardian.

Sabemos que não. Nossa atuação como site, blog, instituto também está em estado de fluxo e mudou muito ao longo deste 14 anos de atuação e, nesse fluxo de transformações, muitos caminharam e mudaram junto da gente, numa troca de aprendizados, e outros preferiram se afastar. 

Seria ilusão pensar que há um “estado dos homens”, que há uma atualização da masculinidade se instalando entre amigos, irmãos, pais e filhos. É mais variado que isso e por isso tudo que falamos tem de ser no plural. 

São retratos, complexos e cheios de curvas, desses processos variados que  The Guardian reúne nesta série.

Comentamos alguns dos conteúdos que valem muito a pena acompanhar. 

Um acampamento de homens: trauma, brigas e choros.

Adam é um repórter britânico que, um pouco cético, vai ao deserto dos EUA descobrir como funcionam os caros acampamentos masculinos que tem uma função quase terapêutica de engatilhar mudanças pessoais. 

Nós traduzimos esse vídeo para você poder mergulhar na história: 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by PapodeHomem (@papodehomem)

 

O que buscam os homens que compram bonecas sexuais ultrarrealistas?  

Reduzir a mulher a um objeto inanimado para satisfazer seus prazeres? Pode ser que vários casos sim.

Mas não se resume a isso: na reportagem se descobre que alguns homens encomendam bonecas buscando uma representação de suas falecidas esposas. 

“McMullen diz que alguns clientes simplesmente não tem habilidades sociais para manter relações humanas. Muitos dão nome, personalidades e histórias passadas para suas bonecas.”

Em outras palavras, buscam um suporte material para combater a solidão ou realizar uma fantasia romântica e afetuosa a qual esta pessoa não tem conseguido desenvolver nas interações reais.

Se isso é positivo ou negativo? De todo jeito, se queremos formar uma opinião, precisamos ir a fundo para entender quais são as motivações e significados deste tipo de interação. 

A importância de um modelo positivo para homens que entraram para o sistema carcerário:

A repórter Iman Amrani entrevista John McAvoy, o IronMan que começou seus treinos encarcerado, quando encontrou na máquina de remo uma forma de fugir mentalmente da realidade da cadeia. 

John cresceu em uma família ligada a atividades criminais e ao ser preso, encontrou em seu carcereiro - seu suposto inimigo - um mentor que o ajudou a ingressar no esporte e que, no fim, se tornou um exemplo, alguém que lhe deu perspectiva sobre o que seria ser homem de verdade.

O especial ainda mergulha em temas como padrões de beleza para homens de descendência asiática e os dilemas de policiais pretos que, no exercício da profissão, dão de cara com o racismo estrutural da instituição. 

Queremos pensar em como seguir produzindo conteúdo que se aprofunde em dilemas e temas complexos como estes, envolvam as masculinidades e que nos levem a compreender aqueles pontos específicos mas que dizem muitas coisas sobre o contexto mais amplo.

Então, aproveitando toda a inspiração desse projeto, a gente não pode deixar de perguntar:

  1. Quais desses conteúdos do The Guardian você gostaria de ler em português?

  2. Em qual assunto você gostaria de ver o papodehomem mergulhando para falar sobre?


publicado em 23 de Fevereiro de 2021, 12:24
Logo pdh png

Redação PdH

Mantemos nosso radar ligado para trazer a você notícias, conversas e ponderações que valham o seu tempo. Para mergulhar na toca do coelho e conhecer a visão editorial do PdH, venha por aqui.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura