A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Como fazer merengue de frutas vermelhas, passo-a-passo

Sobremesa pra qualquer um tirar de letra

Toda vez que a gente pensa em fazer uma sobremesa, parece uma tarefa difícil. Logo já imaginamos que vamos ter um trabalhão, pois a maioria das sobremesas envolvem diversos processos.

Bater o creme, cortas as frutas, fazer a calda e por aí vai. E, além de perder muito tempo na cozinha, ter que lavar uma louça daquelas no final é para qualquer um desistir mesmo.

Mas calma, nessa receita a gente foge disso tudo.

Ensino uma receita super rápida, fácil, com pouca louça para lavar e ainda é de dar água na boca!

O merengue de frutas vermelhas é perfeito para servir em qualquer ocasião, principalmente nas festas de final de ano!

Link Youtube

Ingredientes

  • 1 caixa de morango fresco
  • 250ml de creme de leite fresco
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 pacote pequeno de suspiros
  • 4 colheres de sopa de geleia de framboesa

Essa quantidade serve 4 pessoas.

Modo de preparo

Higienize os morangos e corte-os ao meio.

Bata o creme de leite com açúcar para fazer o chantilly.

Para fazer a calda de framboesa coloque a geleia numa tigela e junte um pouquinho de água, mexa até diluir.

Em taças intercale as camadas de morango, chantilly, calda e suspiro.

Mantenha refrigerado na geladeira até a hora de servir.

Esse é o tipo de receita que gosto de dividir com vocês. Mostrar que a cozinha não é um bicho de sete cabeças, e que com pouco trabalho a gente consegue preparar pratos deliciosos. Mais receitas vocês encontram no meu canal no youtube MVQF – Minha vó que fazia e no meu site.

Compartilha as dúvidas aqui nos comentários, e me contem se gostaram da receita também.

Até a próxima!


publicado em 18 de Dezembro de 2015, 19:06
Paula

Paula Belleza

Chef de Cozinha, apaixonada pela boa comida feita com casa com amor. Sua missão é mostrar que a cozinha não é um bicho de sete cabeças e que existe muito carinho em preparar seu próprio alimento.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura