Faltam 5 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Festival Internacional de Música Corporal pela 1ª vez no Brasil

Se você não é músico e não trabalha com nenhuma técnica corporal, talvez pense em ignorar esse post. No entanto, é justamente por não ter experiência com ritmo e consciência corporal que você pode se beneficiar muito desse evento.

Seu objetivo pode não ser entrar para o Stomp e aprender a fazer música com o cotovelo ou com uma bola de basquete, mas desenvolver presença corporal e rítmica transforma a qualidade de todas as experiências, afinal tudo é vivido com o corpo.

Ingresso na faixa para workshop de TaKeTiNa

Em 2008, nas oficinas de TaKeTiNa com o alemão Henning von Vangerow, tive o prazer de conhecer o pessoal dos Barbatuques, especialmente o líder, Fernando Barba, gente finíssima, e a Lu Horta, com quem hoje faço aula de canto. Em 2009, também em uma roda de TaKeTiNa, conheci o Pedro Consorte e a Mari Maziero, do grupo Fritos. Eles me mostraram alguns sons de percussão corporal e uns movimentos que aprenderam com Keith Terry.

Roda de TaKeTiNa na França.

Na semana que vem, todos esses mundos vão se encontrar. Estou bem feliz. Pra completar, o americano Sam Rogers (One Mouth Band), também professor de TaKeTiNa, estará no evento junto com o Henning, que vem pela terceira vez para conduzir mais rodas de TaKeTiNa, já que não existe nenhum professor em toda a América Latina (eu ainda estou no meio do treinamento).

Um desses workshops de TaKeTiNa será dentro do festival, dia 17/11, quarta, das 12h às 13h30, na rua Cotoxó, 321, no bairro Pompeia, em São Paulo. Consegui dois ingressos (cada um custa R$ 100,00) para os leitores PdH. Para concorrer e trocar o almoço por uma sessão de piração mental e corporal, basta enviar a seguinte mensagem pelo Twitter:

Quero explodir minha cabeça com @papodehomem no workshop de TaKeTiNa do 3º Festival Internacional de Música Corporal: http://bit.ly/9raneb

O sorteio será feito amanhã de manhã. Fiquem ligados pois preciso passar o nome para os organizadores. Só participe se for de São Paulo e puder ir ao workshop nesse dia e horário.

Os outros workshops com o Henning serão mais longos (10h), depois do festival, em dois ou três dias. Eu estarei em todos. Mais informações no meu blog.

Shows gratuitos no 3º Festival Internacional de Música Corporal

Link YouTube

As duas primeiras edições aconteceram em São Francisco, Califórnia. Dá orgulho ver um evento desses no Brasil, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e o Consulado Americano. A direção é do Fernando Barba e a produção é do Núcleo Barbatuques, grupo Fritos e amigos.

Será de 16 a 21 de novembro. A programação está distribuída nos espaços Galeria Olido, Centro Cultural São Paulo, Teatro Cacilda Becker, Centro Cultural da Juventude, Espaço 10×21, Raies e Centro Cultural Rio Verde.

Tem de tudo: workshops, shows, bate-papos, open mic e exposição. Todos os shows são gratuitos (os ingressos são distribuídos com uma hora de antecedência). As oficinas principais são gratuitas, mas já não há mais vagas. Há vários workshops extras também, pagos.

Eis a lista de artistas:

Link YouTube | LeeLa Petrônio

Link YouTube | Tekeyé, o Stomp colombiano.

Veja a programação detalhada no site oficial.


publicado em 12 de Novembro de 2010, 14:25
Gustavo gitti julho 2015 200

Gustavo Gitti

Professor de TaKeTiNa, colunista da revista Vida Simples, autor do antigo Não2Não1 e coordenador do lugar. Interessado na transformação pelo ritmo e pelo silêncio. No Twitter, no Instagram e no Facebook. Seu site: www.gustavogitti.com


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura