Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

O "BroApp" promete cuidar da sua namorada enquanto você está com os amigos

Obs.: antes de mais nada, os gêneros podem ser trocados livremente durante todo o texto.

Tudo começa com uma pergunta típica dos produtos Polishop: "você ama sua companheira, mas a vida atribulada não te deixa dar a atenção que ela merece? Você ama namorar, mas ama também os seus amigos? Seu casamento é importante, mas tomar uma cerveja com os colegas faz muito bem?".

Depois, vem o alívio: "nós temos a solução!".

Chamado de BroApp, ele promete ser o bróder que te cobre a todo momento, que divide contigo o "fardo" que um relacionamento pode criar. O aplicativo (disponível só para Android, mas com promessa de ser disponibilizado em iOS em breve) é bem simples e esperto. Você programa informações para que ele envie mensagens fofas para a sua pequena em momentos que você está ocupado demais, por exemplo, vivendo.

1
"Manda mensagens doces e automáticas para a sua namorada para que você tenha mais tempos com seus amigos"

2
Você cadastra o telefone da sua companheira...

 

3
... e edita as mensagens que serão enviadas randomicamente para ela

 

4
Para que nenhuma mensagem seja enviada em momento errado, gerando problemas, você cadastra o Wifi da casa dela (quando ativado, o app não manda mensagem, já que você provavelmente estará com ela), da sua casa, do trabalho...

 

5
... anota certinho quais dias quer mandar pequenos mimos em forma de mensagens pra ela.

 

6
Se quiser ser ainda mais certeiro, pode cadastrar momentos específicos para os envios. Enquanto vai beber com os amigos, assim que botar os pés pra fora do trabalho, o seu "BroApp" manda uma mensagem fofa para a sua namorada. Não tem como ela não adorar

 

7
Tudo conferido e acabou. Você pode gozar a vida enquanto o seu "bro" segura as pontas pra você

Eu poderia passar algumas linhas escrevendo sobre a loucura de mandar mensagens carinhosas quando não se quer mandar mensagens carinhosas para acimentar qualquer tipo de relação (mesmo que seja só uma "fodinha") com a intervenção de textos de celular pré-programados com o intuito de ser figura constante no cotidiano da outra pessoa.

Mas, em vez disso, achei que tudo se resolveria com a criação de um outro aplicativo que pudesse ser usado em conjunto com o BroApp, que seria o passo natural da relação. Poderia ter qualquer outro nome, mas, dados os eventos recentes que culminaram em um belo texto do PapodeHomem, escolhi o RicardãoApp.

Com essa belezinha da tecnologia, embasado em complexos algoritmos de multi-análises e profunda noção de como as coisas funcionam na prática, enquanto o "Bro" estaria cuidando do amigo, o "Ricardão" estaria -- também -- cuidando do bem máximo do rapaz: sua namorada.

Basta ela baixar o app e cadastrar tudo certinho. Enquanto ele aproveita o tempo ganho, ela utiliza o mesmo tempo com algo útil:

app
CumpadiWashingtonApp

Em um mundo ideal, perfeito mesmo, ainda existiria um último e derradeiro App: o que, de hora em hora, avisaria: "sabe de nada, inocente!".

Obs.: novamente, os gêneros podem ser trocados livremente durante todo o texto. A imagem do RicardãoApp foi feita pelo amigo Felipe Franco.


publicado em 15 de Março de 2014, 20:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura