A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

O que a mídia não fala sobre o futebol da sua cidade?

Os canais que possuem os direitos de transmissão dos principais campeonatos de futebol do Brasil monopolizam a informação. Falam o que querem. Mas não são compreendidos.

A programação esportiva nacional tem a obrigação de ser abrangente. Sabendo que não pode resumir-se a somente uma linguagem, estilo ou cotidiano, as emissoras produzem uma salada de frutas de informação. E essa torre de babel de conteúdo não consegue fugir da culpa de ser tendenciosa.

Não se trata de puxar a opinião para um lado, clube ou cor. Mas sim, fixar na realidade vivida por um grupo muito pequeno de torcedores. Por mais que existam esforços para evitar uma identificação maior com determinada região, a questão audiência x lucro tem falado mais alto há dezenas de anos. O interesse mobiliza a necessidade de vender o que não existe para a maioria.

São raros os programas, periódicos esportivos e publicidade que retratam a realidade do torcedor de futebol. Do que adianta o Ronaldinho Gaúcho testando uma chuteira da Nike no gramado perfeito se eu vou jogar na Várzea? Quem disse que desejo ver uma reportagem especial sobre a roupa térmica do Santos no mundial se eu moro no Brasil?

O jornalismo esportivo brasileiro erra ao pouco regionalizar.

Futebol não é só transferência de milhões de euros. Mulher não é só a musa do brasileirão.

O jornalismo que chega em Manaus (AM), Macapá (AP), Cuiabá (MT) e Rio Branco (AC) não representa o que deve. E falham quando tentam se passar por parte da cultura local somente após um briefing mal escrito.

Queremos e devemos pedir naturalidade sobre os fatos que representam o futebol local de cada canto do Brasil. Queremos um conteúdo gerado por quem vive aquela realidade.

Começando por agora. Responda:

O que a mídia não fala sobre o futebol da sua cidade? Conte uma história, uma passagem, um fato que merece divulgação e conhecimento maior.

A várzea valorizadao maior campeonato amador do mundo ou o futebol feito com paixão. Assuntos que, quando lembrados, são tratados de modo superficial pela mídia nacional.

O melhor comentário vai ganhar um wallpaper exclusivo do nosso editor de arte Felipe Franco. Portanto, lembre-se de citar o seu time de preferência para ilustrar a imagem. O concurso cultural é válido até 17h de sexta-feira.

É hora de expor o orgulho pelo time da sua cidade. E sem qualquer trocadilho horrível do Globo Esporte.


publicado em 09 de Janeiro de 2012, 14:27
File

Fred Fagundes

Fred Fagundes é gremista, gaúcho e bagual reprodutor. Já foi office boy, operador de CPD e diagramador de jornal. Considera futebol cultura. É maragato, jornalista e dono das melhores vagas em estacionamentos. Autor do "Top10Basf". Twitter: @fagundes.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura