Já está no ar nosso curso online de estilo “Mas você vai de chinelo?”. Inscreva-se agora! É gratuito e é pra todos os homens!

Reate um antigo laço de amizade | Ignição #26

Quem nunca soltou aquela reclamação em tom tristonho, acompanhada da frase "preciso de novos amigos"? Será que não é melhor cultivar os amigos que já tem?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 47 nh 1 png
  • Logo havaianas 130x50 png

Olá, amigos da Ignição!

Cá estamos, de volta com a coluna mais mão-na-massa do PapodeHomem. Aquela que pega você se remoendo de preguiça pela manhã e faz você sentir aquela injeção de energia para enfrentar o mundo.

O artigo passado na nossa querida coluna ajudou um monte de gente a pagar contas pendentes, ir ao cartório, lavar roupas, tirar tranqueiras do armário e uma infinidade de tarefas chatas que continuamente postergamos. Teve até quem resolveu terminar o TCC! Quer coisa melhor?

Além disso, queria avisar que o grupo de WhatsApp da Ignição continua sendo um sucesso e nos próximos dias vou começar a adicionar o segundo lote de pessoas ao grupo para continuarmos o processo de experimentação e vermos como vamos nos comportando à medida que crescemos. Então, se você mandou e-mail, peço que aguente mais um pedacinho que logo eu entro em contato. :)

Enquanto isso, seguimos nossa jornada. Vamos à prática da semana.

Reate um antigo laço de amizade

Como volta e meia falamos, um dos problemas entre os homens dos quais mais ouvimos é a solidão.

Quem nunca soltou aquela reclamação em tom tristonho, acompanhada da frase "preciso de novos amigos"?

Seja por uma mudança de cidade, por ter trocado de emprego, de curso na universidade ou por mero distanciamento automático, de repente nos vemos meio solitários, vivendo a nossa rotina. Casa, trabalho, visita à casa dos pais, churrasquinho aqui e ali e algumas interações mais superficiais, como os churrascos da firma.

De repente, bate aquela saudade dos tempos da escola, das amizades profundas, da sensação de ter encontrado um irmão ou irmã, um match da alma.

Quem não sente falta de passar longas tardes jogando conversa fora, só curtindo a companhia daquela pessoa com quem tantos interesses eram compartilhados?

Uma das vantagens de ter amigos, parceiros pra vida, é saber que aquela pessoa está lá, em algum lugar, vivendo sua vida, mas que um vínculo potente persiste.

Ainda assim, por vezes, somos engolidos e esquecemos dessas relações tão importantes. É como se fôssemos soterrados pelas obrigações, família, filhos, estudos e, de repente, não temos mais tempo nem pra um almoço pra bater papo e compartilhar as novidades. Assim, vamos nos desconectando dos outros mas também daquilo que dá cor à sucessão de dias.

Hoje, a prática é, como sempre, bem simples. Lembre de algum antigo amigo ou amiga com quem você tinha uma boa conexão e marque algo. Faça uma visita, convide pra tomar uma cerveja, comer algo, jogar uma bola, meditar, fazer uma trilha ou alguma outra desculpa para passar um tempo juntos.

Não é bem o foco dessa prática e sei que é mais complicado, mas se você sentir que está na hora, pode ser interessante também procurar um parente com quem não fala há muito tempo ou que, por algum motivo, ainda tenha algo mal resolvido. Nunca é tarde pra criar pontes ou consertar aquelas que tenham sido deixadas pra trás com problemas.

Na minha experiência, um bom formato para abrir conversas com quem não se fala há muito tempo é contar sobre o que gerou o contato. Às vezes vemos um filme, uma série, ouvimos uma música, um post no Instagram ou um texto no PapodeHomem ;) que nos faz lembrar da pessoa. Eis aí o gancho perfeito.

Depois, é só abrir o coração, falar de tudo o que aconteceu no tempo em que vocês não se viram, marcar um papo presencial e sair revigorados pelo laço reavivado.

Não esqueçam de vir aqui contar nos comentários, ok?

Vemos vocês na próxima Ignição!

* * *

O que é a coluna Ignição?

Resumindo: queremos iniciar processos de transformação por meio de ações práticas.

Aqui no Papo de Homem temos trocentos textos filosofentos falando de tudo. Agora, vamos pra outra abordagem.

Menos papo, mais ação.

Você está perdido e não sabe o que fazer da vida? 

Aqui vamos oferecer um ponto de partida, ações simples que você possa usar como um aquecimento, que coloque seus "músculos" no ponto para você gradativamente começar a lidar com seus problemas de frente.

Como funciona?

De duas em duas semanas vamos sugerir ações práticas acessíveis, para que você possa sair da inércia.

Depois, publicamos mais um artigo para conversar sobre a prática. Pedimos que venham no artigo e relatem, em detalhes, como foi a experiência. Vale qualquer coisa, inclusive e principalmente, se der tudo errado, pois é nessas horas que a gente precisa de apoio e a coisa de termos uma comunidade mais vai fazer sentido. Nos colocando em movimento vamos começar a descobrir irmãos, amigos, enfim, parceiros de transformação.

Com o tempo, vamos cultivar uma rede de parceiros, dispostos a transformar suas vidas e também conversarem sobre o processo todo como uma forma de se incentivarem e se apoiarem. 

A Ignição é incrível, onde encontro os experimentos anteriores?

Muito fácil! Basta entrar na coleção Ignição.

Já conhece o ebook "As 25 maiores crises dos homens — e como superá-las", produzido pelo PdH?

 
 
 
 
 
 

Se deseja adquirir ou presentear alguém que possa se beneficiar, compre a sua edição aqui.

Para conhecer mais sobre o conteúdo do livro e tudo que vai encontrar lá dentro, leia esse texto.

Ao comprar o livro, você também ajuda a manter o PapodeHomem vivo.

Nosso rendimento com anúncios caiu drasticamente nos últimos dois anos, assim como aconteceu com toda a indústria jornalística, no Brasil e no mundo (a verba agora se concentra no Facebook e no Google). Como o que fazemos é para vocês e não para gerar o maior número de clicks com textos vazios, essa ajuda é essencial para nossa sustentabilidade.


publicado em 18 de Fevereiro de 2019, 18:18
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: