A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Você cumpriu o que prometeu o ano passado?

No dia primeiro de janeiro desse último ano que passou, fiz um desafio pra vocês: ao invés de fazer só promessas de ano novo para mudar velhos hábitos ou adquirir novos, incentivei-os a buscar a motivação, o propósito, a compreensão dos obstáculos e o planejamento de sua ação para o novo ano que estava surgindo.

Agora é a hora da cobrança.

Esses aqui são meus amigos, Vincent e Jules, que vieram cobrar comigo as tuas promessas

De minha parte, eu tinha prometido que aprenderia a tocar contrabaixo. Conforme relatei, estava na condição de estudante falido que chegou a fazer uns bicos de garçom em bares próximos à universidade. Assim, durante o mês de janeiro, fui juntando o dinheiro necessário para comprar instrumento e amplificador. Nada muito extravagante, afinal das contas, eu nem tinha certeza se iria gostar mesmo do instrumento e não estava pensando em sair por aí procurando uma banda pra tocar (a princípio)

Depois desse pensamento estratégico todo, investi num contrabaixo para iniciantes (um Yamaha Rbx-170, azul) e um amplificador de estudo de apenas 20 watts. Com meu orçamento de estudante proporcionado pela bolsa de mestrado, consegui incluir o custo das aulas de no gasto mensal sem muitos problemas, deixando apenas de tomar umas cervejinhas a mais por semana, nada muito sacrificante.

No exato tempo percorrido de um ano, muito tempo passou, ganhei aprendizados de muitas coisas e, hoje, comecei 2012 com a cabeça fervendo para transcrever em partitura os improvisos da música "So What" do Miles Davis.

Fiz bons progressos no instrumento e, de quebra, acabei conhecendo muitas bandas e músicos interessantes por culpa dele. Meu conhecimento musical cresceu muito, não só do ponto de vista técnico, mas principalmente cultural. Tudo isso me deixa muito satisfeito, pois tinha como objetivo aprender uma coisa e com isso acabei adquirindo muito mais pra minha vida.

Link YouTube | "So What", do Miles Davis. Vídeo foda que ainda tem, de quebra, John Coltrane. Mais cool, só se eles estivessem tocando no ártico!

O ápice do aprendizado nesse último ano foram as audições da escola de música que tenho aulas. Os professores selecionaram as músicas a pedido dos alunos de canto e distribuíram aos alunos dos instrumentos, formando várias bandas de apresentação. Nessa brincadeira, acabei tocando diversas músicas com várias pessoas.

Eu ensaiava várias vezes na semana, cada dia com uma formação diferente de músicos e, com tudo isso, acabei conhecendo muitas pessoas interessantes e até criando um vínculo de amizade com alguns.

Por fim, chegou o dia da apresentação. Tocamos para umas 500 pessoas. Claro que o nervosismo bateu logo de início, mas assim que começamos, a ansiedade deu espaço para a satisfação e o prazer. Uma foto aqui prova que a apresentação foi muito bacana:

Ó só eu ali com o baixão azul na mão

Agora eu queria saber de você, que tomou a decisão de mudar algo em sua vida há um ano. O que você fez para que isso se concretizasse? Aguardo nos comentários.


publicado em 04 de Janeiro de 2012, 12:14
1c43c35a9fcce3811a46392a3e697798?s=130

Danilo Scorzoni Ré

Engenheiro Florestal, amante da natureza e de ecoturismo. Apesar de ambientalista, não gosta de eco-chato e ainda acredita na capacidade do ser humano em promover um futuro melhor. É @dscorzoni no Twitter.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura