Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Entre HQs, coisa pra criança e a morte da morte

O que são histórias em quadrinhos?

Segundo o o oráculo do ensinamento, o bastião da verdade:

"Banda desenhada, BD, história aos quadradinhos (português europeu) ou história em quadrinhos, quadrinhos, gibi, HQ, revistinha (português brasileiro) é uma forma de arte que conjuga texto e imagens com o objectivo de narrar histórias dos mais variados géneros e estilos. São, em geral, publicadas no formato de revistas, livros ou em tiras publicadas em revistas e jornais. Também é conhecida por arte sequencial e narrativa figurada."
Wikipédia

Mas a tudo isso pode ser resumido em um único termo: nona arte.

Por muito tempo os gibis foram estigmatizados por aqui como "coisa de criança", isso porque a maior referência nacional em quadrinhos, o mestre Mauricio de Souza, sempre teve como foco a molecada. Mas já sabemos disso porque já falamos disso aqui no PapodeHomem.

Mas a molecada se moldou com a truma da Mônica virou um bando de gente que continua gostando de HQs e, hoje, temos muitos brasileiros virando referência na gringa. Temos os gêmeos Bá e Mon ganhando zilhões de prêmios com o fodástico Daytripper, o gênio Lourenço Mutarelli e suas várias obras de arte, tanto nas HQs como em literatura, cinema e até em peça de teatro. Rafael Grampá, que este ano vai ser o primeiro Brasileiro desenhar e escrever nada menos que o Batman, Rafael Albuquerque, em parceria com o fodão Stephen King, ganhando o Eisner Award - o Oscar dos quadrinhos - com o Vampiro americano.

Esses são só alguns exemplos dos mais baladalos autores e desenhistas que mais aparecem para o grande público, mas a verdade é que existe um mercado ainda maior, que muita gente não conhece, com muita gente boa aparecendo. Tanto em webcomics (já listamos os mais fodões várias e várias vezes) quanto no mercado impresso, todo mês tem um lançamento diferente totalmente nacional.

Pra quem ainda não conseguiu entrar na imersão dos quadrinhos, apareceu na internet uma ótima opção para entender melhor a porra toda. O cineasta Edson Oda e o ilustrador João Pinheiro criaram um curta-metragem que tem uma história em quadrinhos como principal fonte visual, mas que ganha proporções maiores misturado técnicas de origami, colagem e stop motion que, tudo junto, forma um material animal chamado Malaria, um Faroeste que conta a história do um pistoleiro que foi contratado para matar a morte.

Dá só uma olhada nisso:

Link Vimeo

Ao ler uma bela HQ, é mais ou menos isso o que acontece na sua cabeça. Os criadores apenas evidenciaram toda a explosão de criações que cada um pode ter ao consumir a nona arte. Agora que temos o exemplo, basta ir mais longe. Compre uma HQ.

Agora me diz: você ainda acha que histórias em quadrinhos são coisas pra criança?


publicado em 15 de Janeiro de 2013, 11:00
File

Felipe Franco

Felipe Franco é paulista da gema, designer, ilustrador e arteiro nas horas vagas. Viciado em chocolate e feliz bebendo mocaccino.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura